Episódios do podcast

#173 - População de Rua

HIV e crack são presenças constantes na vida de LGBTs de rua

Essa semana no LADO BI entrevista Felippe Francisco, diretor do documentário “As Cores das Ruas”, sobre a população LGBT que vive nas ruas de São Paulo. O cineasta conta como foi o processo de pesquisa e filmagem do filme, e o que aprendeu durante o tempo que conviveu com essas pessoas. “A grande maioria delas foi rejeitada pela família,” explica. “Encontrei vário garotos gays, entre 12 e 17 anos, que moram na rua. Pessoas com carros importados encostam na calçada e eles se prostituem por uma pedra de crack, por nada, 5 reais.” O crack é uma presença constante na vida da população de rua, afirma: “ele é uma zona de conforto para essas pessoas que vivem em condições tão desumanas. Nem os estudiosos conseguiram estabelecer ainda se a rua leva ao crack, ou o crack leva à rua.” Outra presença constante na vida dessas pessoas é o HIV: “Mais de 90% da população LGBT de rua tem HIV. Mas o tratamento dessas pessoas é muito difícil. Eles têm que buscar a medicação todos os dias no hospital, mas como estabelecer um tratamento com alguém que pode passar vários dias sem conseguir aparecer?”

Participe da discussão! Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 comentários

Arlete Cunha

Conheci o Lado Bi recentemente, via programa com As Bahias e a Cozinha Mineira. Achei muito massa, já ouvi alguns e gosto da maneira como vocês abordam os assuntos. Vou deixar aqui um pedido, chamem para o programa o Silvero Pereira (As Bodas do Diabo, As Travestidas) um super ator que tem uma pesquisa seríssima sobre a travestilidade na arte. Valeu e muito sucesso prá vocês!

Responder
Marcus

Conheci o podcast recentemente e gostei muito até porque além desse e o bichanerds não há nenhum outro com essa tematica, notei que tem alguns episodios anteriores que não estão funcionando, além do mais nem todos tem a opção de download, não tem como vocês consertarem e também me enviarem um cd com os episodios (eu pago)?

Responder