Episódios do podcast

#101 - Parada LGBT

“As pessoas ficam nuas na parada porque seus corpos são reprimidos o ano todo”, diz drag queen Tchaka

No programa desta semana, o Lado Bi entrevista a drag queen Tchaka e cantora portuguesa transgênero Patrícia Ribeiro. As duas desfilarão no domingo e comentam as diferenças no ativismo LGBT no Brasil e em Portugal. Também debatem sobre as críticas à nudez durante o evento. Para a portuguesa, mostrar o corpo é um tipo de atitude que fomenta o preconceito contra o evento. Já a drag queen Tchaka explica por outro ponto de vista: “Muitas dessas pessoas convivem com violência diária em ambientes muito repressores. Quando vêm para a parada, para muitas delas, é a única oportunidade que elas têm de serem elas mesmas. Acho que tanto as pessoas que optam por uma atuação mais discreta quanto as que gostam de exibir seu corpo, que muitas vezes lhe é negado, têm espaço na parada.”

Participe da discussão! Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *