Nordeste

Episódios do podcast

#136 - Nordeste

No nordeste, gays que utilizam aplicativos são considerados vulgares

Nesta edição, o Lado Bi entrevista Daniel Sena, diretor de cinema, baiano; Gael Rodrigues, escritor, paraibano e João Pedro Lacerda, estudante de medicina, paraibano. Os três vão contar quais as diferenças entre ser gay no Nordeste e no Sudeste. “Em São Paulo, se você for efeminado e tiver uns tantos trejeitos, você não terá tantos problemas. Lá na Paraíba, de onde eu vim, vicie vai ser mais respeitado se tiver um comportamento mais heteronormativo”, diz Gael Rodrigues. O conterrâneo João Pedro também ressalta que apenas nas áreas mais abastadas das capitais é possível que gays andem, por exemplo, de mãos dadas. E até nos aplicativos de encontros rola preconceito entre os gays. Segundo os convidados, quem usa esse tipo de recurso é considerado “vulgar e desesperado”.

Participe da discussão! Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *