Episódios do podcast

#45 - Merc. Financeiro

Alunos da FEA (Faculdade de Economia e Administração) da USP resolveram criar um grupo secreto para que os gays do local possam se conhecer e confraternizar. O Lado bi convidou alguns de seus integrantes para contar como funcionam as questões de gênero, como machismo e homofobia, no mercado financeiro. No estúdio, Itali Collini, estudante de... Read more »

Alunos da FEA (Faculdade de Economia e Administração) da USP resolveram criar um grupo secreto para que os gays do local possam se conhecer e confraternizar. O Lado bi convidou alguns de seus integrantes para contar como funcionam as questões de gênero, como machismo e homofobia, no mercado financeiro. No estúdio, Itali Collini, estudante de economia e pesquisadora de questões de gênero, a economista Gabriela Miranda, o analista de risco Elton Silva e o estudante de contábeis Benedito Faustinoni. Eles explicam porque neste ambiente de trabalho muitos gays optam por continuar no armário e se é preciso se masculinizar, no caso das mulheres, para alcançar altos cargos.

Playlist dessa edição

  • “Money, Money, Money”, ABBA
  • “Clap Your Hands”, Sia
  • “It Ain’t The Money”, Macy Gray
  • “I Want To Break Free”, Queen
  • “Money Can’t Buy It”, Annie Lennox
  • “Money Changes Everything”, Cyndi Lauper
  • “Money In My Pocket”, Juliette & The Licks
  • “Treat Me Like Your Money”, Macy Gray
  • “For What It’s Worth”, Onerepublic
  • “A Woman’s Worth”, Alicia Keys
  • “Decorate”, Yuna
  • “Oxygen”, Willy Mason
  • “Alone Again (Naturally)”, Vonda Shepard
  • “More”, Madonna

Participe da discussão! Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 comentários

markus

Realmente um debate embasado em dados e com pessoas comprometidas é muito mais prazeroso de se ouvir. Seria interessante ouvir uma conversa com Ateísta gays também.

Responder
Nelson

Não sabia que o mercado financeiro era tão repressor dessa maneira. Achei bem pertinente o tema abordado, apesar de eu não ser da área financeira me identifiquei muito pois a área que eu trabalho é muito parecida: informática.

Aproveitando, gostaria de dizer que acho muito bacana esse espaço, sentia falta um programa como este, que fale sobre diversos temas LGBT de uma forma descontraída sempre perder a seriedade em temas que pedem. Descobri o programa há pouco tempo e já ouvi quase todos os programas, tipo, maratona. Parece até q já conheço vcs, dou risada, as vezes num concordo, as vezes acho muito ácido, muitas vezes concordo, afim, parabéns pelo ótimo trabalho e coragem para seguirem com esse belo trabalho sempre.

Responder