Episódios do podcast

#62 - Copa do Mundo

Nesta edição, o Lado Bi entrevista três gays que entendem de futebol além da forma física dos jogadores. O designer Cleiton Comoretto Barcelos, gremista, o assessor de imprensa Vitor Diel, colorado, e o ator Marco Ferreto, corintiano, analisam o jogo Brasil e Colômbia, o desempenho da seleção durante a Copa (“Pena que continua jogando com... Read more »

Nesta edição, o Lado Bi entrevista três gays que entendem de futebol além da forma física dos jogadores. O designer Cleiton Comoretto Barcelos, gremista, o assessor de imprensa Vitor Diel, colorado, e o ator Marco Ferreto, corintiano, analisam o jogo Brasil e Colômbia, o desempenho da seleção durante a Copa (“Pena que continua jogando com dez jogadores, né? A Fifa devia cobrar ingresso do Fred, porque o que ele faz é assistir ao jogo de dentro do campo”; “Diferente da seleção de 2002, que tinha várias estrelas, não temos um substituto para o Neymar. É o mesmo caso da seleção da Argentina, que só tem o Messi”). Eles comentam quais foram os melhores jogos e explicam por que, diferentemente da maioria dos gays, têm apreço pelo esporte bretão, apesar de todo o machismo e homofobia que ainda são regra na cultura futebolística. No fim, dicas para você fingir que entende de futebol em rodas de amigos heteros e, claro, os mais gatos do torneio.

Participe da discussão! Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um comentário

Onofre Paiva

Bem, eles começaram a gostar de Futebol vendo o Brasil ganhar. Será que a derrota de ontem vai traumatizar uma geração de crianças que crescerá distante do Futebol por isso?

Responder