Antirretrovirais

Episódios do podcast

#82 - Antirretrovirais

Ministério da Saúde não oferece os medicamentos antirretrovirais mais modernos para os soropositivos, alerta especialista em DSTs

Os medicamentos mais modernos, com menos efeitos colaterais, ainda não estão disponíveis para a população geral de soropositivos. Quem alerta é o Dr. José Valdez Madruga, diretor da unidade de pesquisa de medicamentos do Centro de Referência e Treinamento de DST/AIDS de SP. Já existentes desde 2006, esses remédios, que combinam várias drogas em um único comprimido, são fornecidos pelo Ministério da Saúde apenas para uma parcela pequena de portadores do HIV – o resto ainda tem que tomar de três a doze comprimidos por dia para conseguir se tratar com as mesmas drogas. “Temos apenas um medicamento similar ao Atripla, que combina três antirretrovirais numa única dose, que é distribuído apenas no Rio Grande do Sul e no Amazonas,e mesmo assim apenas para casos novos.” O médico também chama a atenção para o número crescente de gays jovens que contraem HIV atualmente – “essa é uma população que não pegou a fase mais feia da AIDS. Eles não se assustam com a doença até o momento que se contaminam, mas depois desmoronam quando descobrem que são soropositivos.”

Participe da discussão! Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *