Nova série de “Star Trek” terá casal gay na tripulação

“Star Trek: Discovery” apresentará o primeiro romance homoafetivo em 50 anos de série

por Marcio Caparica

O universo de Star Trek é famoso por promover o pluralismo e a tolerância desde que surgiu na televisão, há mais de 50 anos. A nova série da franquia, Star Trek: Discovery, vai continuar e avançar essa tradição: entre seus personagens fixos estará um casal gay.

A notícia foi dada durante a Comic-con por Bryan Fuller, o criador da nova série. O casal será formado pelo tenente Stamets (Anthony Rapp) e o médico Dr. Hugh Culber (Wilson Cruz). Rapp é conhecido por ter feito parte do elenco original do musical Rent. Cruz já interpretava um personagem gay no seriado My So-Called Life, da década de 1990, e participou de The West Wing13 Reasons Why. Os dois atores são abertamente homossexuais.

Apesar de ter explorado (bem de leve) a sexualidade da personagem Jadzia Dax em Star Trek: Deep Space Nine, a franquia nunca havia apresentado nenhum personagem homossexual em suas séries. Em Star Trek: Beyond, lançado em 2016, revelou-se que Mr Sulu (John Cho) é gay, quando aparece abraçando sua filha e seu marido em uma cena do filme. Uma cena em que Sulu beijava seu marido ficou de fora da versão final do filme, no entanto.

A história de Star Trek: Discovery vai se passar 10 anos antes das aventuras da tripulação clássica comandada pelo capitãi Kirk. Interpretada por Sonequa Martin-Green, a protagonista será a oficial Michael Burnham, imediato da nave Discovery. “Star Trek sempre representou a diversidade, a universalidade e a união. Quem disser que ama o legado de Star Trek mas não gosta disso não compreendeu a série”, afirmou.

Em tempos de conflito como os de hoje, o elenco garante que Star Trek: Discovery vai insistir na mensagem positiva que guia a série desde que foi criada por Gene Rodenberry. “Nossa oportunidade é ver os conflitos de hoje e buscar alguma resolução que não seja distópica, mas sim utópica”, afirmou Rapp. “Queremos produzir algo significativo e que honre o que nos precedeu.”

Star Trek: Discovery vai estrear na Netflix em 25 de setembro.

Apoie o Lado Bi!

Este é um site independente, e contribuições como a sua tornam nossa existência possível!

Doação única

Doação mensal:

Participe da discussão! Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *