Garoto de 12 anos tenta barrar manifestação contra casamento homoafetivo no México

“Tenho um tio que é gay e não gosto que o odeiem”, explicou o menino depois de ser retirado do caminho do protesto

por Marcio Caparica

Durante esse fim de semana o México foi tomado por demonstrações contra e a favor do casamento homoafetivo. Foi durante uma das manifestações contra os direitos LGBT, na cidade de Celaya, em Guanajuato, que o jornalista Manuel Rodriguez clicou a foto abaixo, registrando o momento em que um garoto entrou na frente da multidão para tentar impedir o avanço daqueles que se opõem à igualdade.

manuel-rodriguez-garoto

O garoto colocou-se na frente de aproximadamente 11 mil pessoas. “No início eu achei que ele estava brincando”, contou o fotógrafo ao jornal Regeneración. Depoisde ser retirado da avenida, o garoto explicou para Rodriguez seu gesto: “Tenho um tio que é gay, e não gosto que o odeiem.”

Essa passeata foi organizada pela Frente Nacional por la Família, uma coalizão de organizações conservadoras e grupos religiosos, que levou mais de 40 mil mexicanos às ruas no sábado, exibindo cartazes com velhos chavões como “Crianças precisam de um pai e de uma mãe” e “Acorde e defenda a família”. No dia seguinte, foi a vez daqueles que defendem o casamento homoafetivo irem às ruas, com dizeres como “Nós também somos famílias” e “Eu respeito sua família, respeite a minha”.

Atualmente, no México, o casamento igualitário é permitido na Cidade do México e em 10 de seus 31 estados, como Coahuila, Quintana Roo, Jalisco, Nayarit, Chihuahua e Sonora. A Suprema Corte do México já decidiu no ano passado que leis que restringem o casamento como algo apenas entre um homem e uma mulher são insconstitucionais, mas vários governos estaduais estão ignorando a decisão. Em maio o presidente mexicano, Enrique Pena Nieto, propôs uma emenda constitucional que permita o casamento homoafetivo em todo o país.

Apoie o Lado Bi!

Este é um site independente, e contribuições como a sua tornam nossa existência possível!

Doação única

Doação mensal:

Participe da discussão! Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um comentário