Mãe muda tatuagem para refletir o gênero de filho trans

O vestido cor-de-rosa e flores tornaram-se camiseta, shorts e estilingue na tattoo de Lindsay Peace, para refletir o gênero verdadeiro do adolescente Ace. "Os pais têm que apoiar seus filhos", afirma o pai tatuador

por Marcio Caparica

Lindsay Peace é uma canadense casada com um tatuador, Steve, e tem três filhos: Ace, Hamish e Elliot. Ela também exibe no corpo uma tatuagem para cada um deles. Há um ano Ace, hoje com 15 anos, escreveu uma carta para seus pais em que se declarava um garoto trans. Seus pais fizeram tudo que podiam para acolher o gênero de seu agora filho, mas com isso surgiu um problema: a tatuagem que lhe correspondia no corpo da mãe apresentava uma menina, com vestido cor-de-rosa e cabelos longos.

Lindsay pensou em simplesmente apagar a tatuagem, mas seu marido, que havia feito desenho original, sugeriu que seria melhor simplesmente alterá-la. O vestido rosa tornou-se uma camiseta azul e um par de shorts, e a flor na lapela da menina transformou-se num estilingue preso à gola da camiseta do menino. Os pais apresentaram o novo desenho ao filho como um presente-surpresa no dia de sua formatura do Ensino Fundamental.

“Ele adorou”, declarou Steve ao site Huffington Post. “Não era nada tão difícil. Nós improvisamos, e felizmente deu certo! Cada passo que damos nesse caminho faz com que ele fique cada vez mais feliz.” O tatuador decidiu compartilhar o trabalho que fez ajustando a tattoo da esposa na página no Facebook do estúdio em que trabalha.

A tatuagem causava algumas saias-justas na vida familiar. “As pessoas apontavam para meu braço e perguntavam ‘uau, quem é essa menina? Eles são seus filhos?’, e eu lá, cercada por três meninos, e uma garota pintada no braço”, lembra-se Lindsay em entrevista ao jornal Metro News. “A gente respondia que era nossa vizinha,” ri.

Ace já teve sua certidão de nascimento e seu passaporte corrigidos para que registrem seu gênero verdadeiro. Steve e Lindsay, assim como seus dois irmãos, compreenderam e apoiam totalmente a transição de Ace. “Como pai, pode ser difícil receber essa notícia, mas você tem que ser forte pelos seus filhos, e lidar com isso”, aconselha Steve. “Eu antes achava que ele era feliz, mas não – ele é muito mais feliz hoje em dia. É uma loucura. Ele agora sorri o tempo todo!”.

Da esquerda para a direita: Ace, Hamish, Elliot, Lindsay e Steve.

Da esquerda para a direita: Ace, Hamish, Elliot, Lindsay e Steve.

Apoie o Lado Bi!

Este é um site independente, e contribuições como a sua tornam nossa existência possível!

Doação única

Doação mensal:

Participe da discussão! Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *