Bebês com dois pais homens serão possíveis em dois anos, afirmam cientistas

Pesquisadores de Cambridge descobriram processo para transformar células de pele em células-tronco, que poderiam produzir óvulos e espermatozoides, entre outros tecidos

por Marcio Caparica

Bebês com dois pais biológicos homens ou dois pais biológicos mulheres podem se tornar uma realidade num futuro próximo, afirmam pesquisadores da Universidade de Cambridge. Eles demonstraram que é possível se produzir óvulos ou espermatozoides a partir de células de pele de doadores adultos. Essa descoberta pode vir a ajudar pessoas que são inférteis, gerar novos tecidos para tratamento médico, ou possibilitar que casais homoafetivos gerem filhos biológicos.

O estudo que levou a essa descoberta, divulgado na publicação científica Cell, foi feito por uma parceria da Universidade de Cambridge e do Weizmann Institute, em Israel. Nele, os cientistas conseguiram transformar células já diferenciadas (no caso, células de pele) em células-tronco, ou seja, células que ainda não passaram pelo processo de diferenciação e têm a possibilidade de se transformarem em células de qualquer tecido – de órgãos ou de gametas, por exemplo.

O professor Azim Surani, da Universidade de Cambridge, declarou ao jornal britânico The Sunday Times: “nós conseguimos dar o primeiro e mais importante passo do processo, que é demonstrar que podemos gerar esse tipo de célula-tronco humana in vitro. Nós também descobrimos que as mutações epigenéticas, os erros celulares que ocorrem com a idade, são apagadas. Isso quer dizer que a célula é regenerada e volta a sua condição original, então, enquanto o resto das células do corpo envelheceram e contêm erros genéticos, essas feitas in vitro não.”

Jacob Hanna, o especialista chefe do ramo israelense dessa pesquisa, afirmou que essa técnica pode ser usada para gerar um bebê nos próximos dois anos. “Estou confiante de que esse processo vai dar certo e será muito importante para qualquer pessoa que tenha perdido sua fertilidade por causa de alguma doença. Essa descoberta também já despertou o interesse de grupos gays, por causa da possibilidade de se produzir óvulos e espermatozoides a partir de pais do mesmo sexo.”

Depois de produzir células-tronco a partir da pele de dois adultos, os cientistas compararam essas células com a de embriões humanos e certificaram-se que elas têm as mesmas características.

Apoie o Lado Bi!

Este é um site independente, e contribuições como a sua tornam nossa existência possível!

Doação única

Doação mensal:

Participe da discussão! Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 comentários

Marcos

Ai meu Deus…
Tomara que isso venha logo.
Sempre quis ter um filho com meu marido.
Chorei!
Viva a ciência.

Responder