15 mitos sobre o HIV que ainda persistem

A atitude com relação ao HIV vem se tornando cada vez mais relaxada, e com isso informações erradas sobre a epidemia do HIV continuam a existir

por Marcio Caparica

Hoje é Dia Mundial da Luta contra a Aids. O tema da campanha esse ano é “Closing The Gap”, ou diminuir a diferença: estima-se hoje que há 35 milhões de soropositivos no mundo, mas 19 milhões deles não sabem disso. Quem não está ciente de seu status não se trata. Ao se diminuir a diferença entre o número de pessoas soropositivas e pessoas em tratamento, um grande passo para o controle da epidemia do HIV será dado.

Mesmo com tantas fontes de informação disponíveis em todos os meios de comunicação, algumas ideias erradas sobre o HIV e a Aids perduram. Nós listamos abaixo algumas delas.

  1. É impossível uma lésbica pegar HIV de outra. O Centers for Disease Control and Prevention (CDC), órgão governamental dos EUA, divulgou este ano que a transmissão do HIV de uma mulher para outra é possível. Os riscos são extremamente pequenos, no entanto. Os fatores de risco incluem exposição a secreções vaginais ou outros fluídos corporais,  exposição a sangue da menstruação, ou a sangue advindo de feridas durante sexo mais violento. A transmissão entre mulheres no entanto é muito mais rara que a transmissão entre homens ou entre homem e mulher.
  2. Fazer sexo sem preservativo com alguém que você sabe ser soropositivo é a coisa mais perigosa que você pode fazer. É claro que você deve usar preservativo com um parceiro soropositivo. Mas, se alguém sabe que é soropositivo, é bem provável que essa pessoa já esteja se tratando. Se o parceiro soropositivo estiver tomando seus antirretrovirais corretamente e estiver com uma carga indetectável de vírus em seu sangue, a chance dele transmitir HIV cai em 96%. Você estará correndo muito mais riscos ao fazer sexo sem proteção com alguém que não conhece seu status sorológico e, consequentemente, não está sob tratamento algum. A pessoa pode pensar que é soronegativa e ter acabado de contrair o vírus, quem sabe até mesmo depois de seu último exame, feito recentemente. Nesse caso, eles estão em sua fase mais contagiosa.
  3. A baba do pau não transmite HIV. Há uma pequena quantidade de vírus HIV na baba do pau do homem – você sabe, a secreção que não é porra, mas deixa a cueca melada em momentos de excitação. É muito difícil transmitir HIV via sexo oral, então você não precisa se preocupar em cair de boca em um pau melado. É muito mais fácil transmitir o vírus com sexo vaginal e sexo anal, no entanto, portanto você deve sim colocar um preservativo antes de qualquer contato do pênis com o ânus ou com a vagina. Há casos registrados de pessoas que pegaram HIV porque demoraram demais para colocar um preservativo durante o sexo anal.
  4. Há mais pessoas heterossexuais pegando HIV que homossexuais, então héteros correm mais risco. Por todo mundo, cada vez mais heterossexuais contraem o HIV a cada ano. Mas há muito menos gays e bissexuais que héteros. A verdade é que os gays são um grupo mais vulnerável. Na Austrália, 85% das novas infecções de HIV acontecem entre homens que fazem sexo com homens (HSH).  Na Califórnia, três quartos dos novos casos de HIV todo ano são gays. Em Londres, um entre oito gays são atualmente soropositivos. Nos grandes centros urbanos brasileiros, um em cada 10 gays são portadores do vírus HIV.
  5. Fazer todo mundo usar preservativo é a única maneira de prevenir o HIV. Se fosse possível fazer todo mundo usar preservativo em todas as relações sexuais, as novas infecções de HIV despencariam. Isso, no entanto, não aconteceu nos 30 anos desde a descoberta do HIV, e é difícil que venha a acontecer daqui pra frente. Há outras maneiras de se evitar o vírus. Se uma pessoa for soropositiva e estiver se tratando corretamente, sua carga viral vai cair a níveis tão baixos que ela não será capaz de transmitir o vírus. Isso protege outras pessoas. PrEP (um indivíduo soronegativo tomar medicação antirretroviral para impedir que ele seja infectado) também já provou ser extremamente eficaz – tanto quando tomada diariamente ou apenas nos dias antes e depois do sexo. Esse tratamento já está disponível nos EUA e está em fase de testes no resto do mundo.
  6. Você pode pegar HIV se pisar em uma agulha na rua ou de sangue que pingar sobre alguma superfície. Os usuários de drogas injetáveis costumam passar as seringas de uma pessoa para outra muito rapidamente, e esse é um comportamento de alto risco, portanto há razões para medo. Mas o HIV é um vírus extremamente frágil, e só sobrevive por poucos segundos fora do corpo humano.
  7. Se eu for apenas ativo, eu não corro riscos. Os passivos têm sete vezes mais chance de contrair o HIV que os ativos durante o sexo desprotegido. Mas qualquer forma de sexo anal apresenta risco de se contrair HIV, e ser o ativo não é “seguro”.
  8. Se você contraiu HIV, mais cedo ou mais tarde vai ficar com Aids. Se você for diagnosticado logo e começar a tomar medicamentos no momento adequado, é muito difícil que você desenvolva a Aids. Mesmo que você desenvolva Aids, na maioria das vezes é possível entrar em algum tipo de tratamento para que se retorne a ser apenas portador do HIV. Os soropositivos que entram em tratamento hoje têm uma expectativa de vida igual à dos soronegativos.
  9. Pais soropositivos não são capazes de ter filhos com segurança. Converse com seu médico. Há maneiras de uma pessoa soropositiva gerar um filho soronegativo. Com os devidos cuidados, a chance de uma mãe soropositiva transmitir o vírus para o bebê é de apenas 0.5%. Busque sempre acompanhamento médico.
  10. Eu fiz sexo sem proteção com um cara e não peguei HIV, então ele não é soropositivo. É possível que você contraia HIV na primeira vez que você faz sexo sem preservativo com um soropositivo, assim como é possível você transar com um soropositivo 100 vezes e escapar em todas. Os riscos variam. É uma loteria. Além disso, você não sabe se o parceiro fez sexo sem proteção com outra pessoa desde aquela vez que vocês transaram. Caso isso tenha acontecido e ele tenha sido infectado, ele está no período em que a chance de transmitir o vírus para você é muito alta.
  11. Há pessoas que são imunes. Sim, elas existem, mas a imunidade é extraordinariamente rara. Entre caucasianos, uma pessoa em mil é imune, ou ainda menos. Há quem cogite que as pragas que assolaram a Europa ao longo da história fizeram com que essa característica genética se destacasse, e que pessoas de outras regiões do mundo demonstrem taxas de imunidade ainda mais baixas.
  12. HIV e Aids são a mesma coisa. HIV é o Vírus da Imunodeficiência Humana. Esse vírus pode causar Aids, a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, se o soropositivo não perceber que carrega o vírus e não começar o tratamento. Essa síndrome significa que seu sistema imunológico está devastado, o que permite que outras infecções e cânceres venham a causar a morte. Ou seja, a Aids demonstra sintomas, mas apenas portar o HIV não. Você pode carregar o HIV em seu corpo e não saber. Por isso é importante realizar o exame regularmente.
  13. Dá pra perceber se alguém é soropositivo. O vírus por si só não altera em nada a aparência de alguém. O tratamento médico impede que um soropositivo desenvolva Aids, que é o que dá a aparência de doença para um soropositivo. Muitos gays e bissexuais reagem à descoberta de sua soropositividade tomando mais cuidado com sua saúde, indo mais à academia e entrando em forma. Ou seja, na maioria das vezes não há sinal externo nenhum quanto ao status sorológico de uma pessoa. Os medicamentos antirretrovirais às vezes causam efeitos colaterais como a lipodistrofia – a perda de gordura em algumas áreas, como a face, e acúmulo em outras, como na parte de trás do pescoço.
  14. Soropositivos são tratados como qualquer outra pessoa. Infelizmente, nem sempre. Uma em cada três pessoas no Reino Unido relatam encontrarem discriminação social. Nos Estados Unidos, pesquisas demonstraram que o estigma e a vergonha são os maiores impedimentos para que as pessoas iniciem o tratamento depois de serem diagnosticadas soropositivas.
  15. Quando eu tiver que me preocupar com isso, já vai existir uma cura para a Aids. Os cientistas adoram falar para a imprensa que estão próximos da descoberta da cura da Aids para aumentar sua própria reputação e tentar conseguir mais fundos para suas pesquisas. Eles fazem trabalhos incríveis. Mas o HIV é um vírus traiçoeiro, e os cientistas até hoje também não conseguiram curar o câncer, a caxumba e o resfriado. Até o momento não há qualquer garantia de que a cura será encontrada nos próximos 50 ou 60 anos. Além do mais, ser soropositivo pode aumentar o seu risco de adquirir outros problemas de saúde como a hepatite C, então você pode acabar tendo que se preocupar com isso antes do que você pensa.

Apoie o Lado Bi!

Este é um site independente, e contribuições como a sua tornam nossa existência possível!

Doação única

Doação mensal:

Participe da discussão! Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

510 comentários

Eduardo

Sobre esssa questão da baba do pau não ser um meio muito arriscado de transmitir Hiv, é correto dizer isso?

Pq se a mucosa bucal entra diretamente com a secreção do pênis, como que o risco é baixo?
Tanto é que Drauzio Varela explica que se o parceiro “passivo” estiver com resfriado ele passa o resfriado pra o ativo que só colocou o pênis na boca do parceiro.

Queria saber realmente a confiança da afirmação, pq toda vez que pratico passo um mês em loucura até o resultado do exame.

E todo site médico critica a situação de ter colocado a camisinha apenas na penetração.

Responder
Marcio Caparica

A baba do pau contém vírus HIV, mas não é uma quantidade tão alta quanto a ejaculação em si. Portanto chupar um pau (uma atividade de risco baixo para transmitir o HIV – não nulo, mas baixo) somado a uma quantidade baixa de vírus (já que não há ejaculação) resulta numa atividade de risco bem baixa para a transmissão. Nunca se pode dizer que é ZERO porque sempre pode acontecer de um azarado muito azarado pegar HIV em si, mas não é algo para perder o sono.

Responder
EA

Queria fazer o exame, já tive algumas relações de risco. Mas tenho medo, um certo pânico. Vergonha das pessoas saberem caso de positivo. O sigilo tanto no diagnóstico quanto no tratamento é garantido?

Responder
Brenda

Um amigo meu soropositivo cuspiu na minha boca. Eu estava com uma afta inflamada. Há algum risco de contaminacao? Eu não consigo dormir pensando nisso.

Responder
Kleiton Valentim

Ola , achei interessante o site e bem explicado , é sempre bom se cuidar, pois deve ser muito ruin conviver com essa doença.
Marcio , gostaria de fala mais com vc. Tens email ? Ou outras redes…

Responder
Alexandre

Nunca fiz o teste, e meu ex-namorado (com o qual mantive UMA relação sexual desprotegido) veio me dizer que ele fez o teste recentemente e deu positivo, sendo que tanto eu, quanto ele, éramos virgens, e, depois de mim, ele teve outras relações sexuais desprotegido. É realmente necessário eu fazer o teste?

Responder
Eduardo

Olá, Márcio!
Em que vc se baseia para publicar a seguinte informação: ´´Há uma pequena quantidade de vírus HIV na baba do pau do homem – você sabe, a secreção que não é porra, mas deixa a cueca melada em momentos de excitação. É muito difícil transmitir HIV via sexo oral, então você não precisa se preocupar em cair de boca em um pau melado.´´
Obs: Admiro seu trabalho como um dos melhores canais hoje para informações sobre comportamento sexual.

Responder
Marcos

Boa tarde!
Dia 11/12 fiz sexo sem camisinha com um parceiro casual e hoje dia 26/12 ele foi fazer um exame de HIV e descobriu que tem o virus. Me disse que não sabia e pediu p eu procurar um medico urgente. Estou chocado e assustado e ele tb. Fiz um exame rápido semana passada que deu negativo. Não consigo tomar o PEP depois das 72 horas né? O que posso fazer agora? procura um posto especializado e aguardar dar o período de 30 dias??? estou sem chão… me ajude por favor. Agudo

Responder
Rodolfo

Fiz sexo anal (ativo) e recebi oral de um cara soro positivo. O oral foi sem camisinha (repecptivo) e o anal (com camisinha) as duas únicas vezes que transamos… Estou com medo de fazer o teste mesmo sabendo que sempre me previno e tudo.. devo ficar preocupado?

Responder
Rodolfo

Fiz o teste rápido após 30 dias e deu negativo. A moça do posto disse que como fiz sexo com camisinha minha chance nesse caso só se ela tivesse se rompido. Falou que no meu caso não seria nem necessário repetir o teste… Mas enfim irei refazer daqui um mês para ter certeza. Resultado no posto saiu em 30 minutos, no mesmo dia..

Responder
Rodolfo

Eu fiz o teste e deu negativo… como falei o sexo anal foi com camisinha do começo ao fim.. nas duas vezes, ou seja, a moça do posto falou que não estava em situação de risco (ao menos que ela tivesse se rompido). Pretendo fazer o teste daqui 60 dias (o primeiro fiz com 30 dias da relação). Fiz ali próximo ao metrô santa cruz.. demorou meia hora.. muito rápido e ainda recebi vários conselhos… recomendo a todos fazerem.. rápido, indolor e com sigilo.

Responder
Elizabeth

Responde meu comentário pfvr

Só me relacionei sexualmente com uma garota a uns meses atrás, foi uma única vez e como as duas eram inexperientes em relações lésbicas só fizemos um rápido oral (uma na outra e umas dedadas) Mas teve todo contato corporal e tals
Depois de um tempo percebi que além de bi ela se envolvia com vários homens (não oao mesmo tempo) e já tinha três filhos.
Em maio desse ano ela veio falar comigo e disse q tava com uma filhinha blbal
Só queria saber se corro risco de ter contraído hiv só com o oral
Faço o teste? (Ela ta bem mais magra que anos atrás)

Responder
Túlio Borges

Olá!

Quando um resultado negativo de teste de HIV é conclusivo?

Tive uma relação de risco em dezembro de 2015 (prática de sexo oral ativo sem preservativo). De lá para cá, fiz quatro testes de HIV utilizando diferentes métodos. Todos negativos.

O teste mais recente (ELISA de quarta geração) foi feito em agosto de 2016, não houve mais nenhuma situação de risco. Posso encerrar o caso e dormir tranquilo? Vou procurar um psicólogo porque estou paranoico e traumatizado.

Eu não tenho me alimentado, não tenho dormido, nem me lembro mais de quando foi a última vez que eu consegui sorrir…

Por favor, gostaria de ouvir alguém. Não aguento mais. Obrigado pelo espaço.

Responder
Diego Rodrigues

Oi. Quem faz o tratamento PEP pode ter ejaculação normalmente? Ter ou não ter ejaculação pode atrapalhar o tratamento? Abs e parabens pelo site!

Responder
BRUNO

Olá Marcio,

No texto você diz que o vírus sobrevive ao ambiente externo alguns segundos , já no site do ministério da saúde informa que o vírus pode sobreviver até 1 horas, qual a fonte da sua informação?

Obrigado

Responder
Alessandro Guimarães

Fiquei com um cara em 2013 por aí e no inicio de 2016 ele morreu de HIV. Eu não sabia que ele era soropositivo. Eu posso ter sido contaminado?

Responder
Lucas

Boa noite,

Tive uma relação sexual com um travesti, e fui somente ativo. Durante o ato, acabei tirando a camisinha, porém não ejaculei. Estou correndo algum risco?

Obrigado!

Responder
Fe

Oi Marcio , por favor gostaria de saber porque muitos consideram o sexo oral vaginal com risco baixíssimo já o oral no pênis é considerado mais arriscado ? E também uma questão a taxa de hiv entre lésbicas ser bem baixa comparada com a de gays ?

Responder
Marcio Caparica

Não apenas isso. O HIV está presente no esperma e na baba do pau. Também podem estar presentes em secreções vaginais, mas como costumeiramente essas secreções são em menor quantidade (e, mesmo que expelidas, o vírus não sobrevive muito tempo ao ar livre), o risco de transmissão ao se fazer sexo oral numa vagina é muito, muito, muito baixo.

Responder
Lisandro

Boa tarde, eu gostaria de aproveitar o comentário do Roger e tirar dúvidas sobre mim também. Eu me apaixonei por um cara que é soropositivo, eu eu deixei me levar porque eu o amava muito. No começo eu só transava com ele com camisinha, mas depois comecei a transar sem e a carga viral dele era baixa. Ele se cuidava e sempre ia ao médico, toma os remédios deles todos os dias. Eu fiquei quase um mes transando com ele sem camisinha e até oje não tive nenhuma reação que me levasse ao hospital e não fiz o exame ainda porque não tive coragem, gostaria de saber,o por eu ter me descuidado eu contrair o vírus né, ou a chance deu não ter me contaminado? Já vai fazer um ano que eu larguei dele é nunca sentir nada, levo minha vida normal. Mas fico com um ponto de interrogação em cima da cabeça. Me ajuda ai gente a tirar esse ponto de ? dá cabeça. Obrigado desde já.

Responder
Roger

Boa noite, eu sou soropositivo e estou em tratamento e minha carga viral esta indetectavel, e recentemente tive uma relaçao com um cara que sei que e soronegativo, e nessa relaçao fui passivo, seraque ele corre risco de se contaminar?por favor me responda, to com muito medo de ter passado pra ele..

Responder
Dr. K

Se vc tiver fazendo o uso correto dos antirretrovirais e nos exames de rotina sua carga viral tiver indetectável e de maneira estável a carga viral no sangue (CV inferior ao nível de detecção, menos de 40 cópias/ml), a probabilidade de você de infectar seu parceiro é mínima, por isso que te aconselho a esta sempre ativo no que tanje a sua CARGA VIRAL e tratamento dos retrovirais.

Responder
Júnior Campos

Bom dia. Por favor estou muito preocupado, ontem acabei me envolvendo sexualmente com um cara sem camisinha. Tranzamos duas vezes e eu gozei dentro dele. Hoje, ao procurá-lo na rede social constatei que ele tem HIV. Qual a chance d’eu ter adquirido essa doença? O que devo fazer? Na relação não fui passivo, e sim somente ativo.

Responder
Ana

Em um relacionamento de 14 anos…com 11 anos de relacionamento descubro q sou portadora do vírus…e o exame do meu companheiro da negativo…pode acontecer de ele nao ter sido infectado?

Responder
Marcio Caparica

Pode sim. Mas não significa que ele se manterá assim para sempre, se vocês não tomarem as precauções devidas: sexo sempre com preservativo, você tomar medicamentos para zerar a carga viral.

Responder
Jah

Se alguém que é soropositivo, passar o dedo na língua (saliva) e depois passar sobre um arranhão de uma criança que veio a arranhar o joelho e sangrar um pouquinho. Existe risco de contaminar a criança?

Responder
Lukas

Me descobri soro positivo após quase morrer de pneumonia e infecção respiratória e Bacteriana.
Meu médico me garante que terei vida normal e que não morrerei antes do prazo. Ou seja, se tomar os remédios não estou com a sentença de morte. Viverei o que viveria se não tivesse HIV . isso é verdade?

,

Responder
sempre positivo

Boa noite!
Gostaria de entender uma coisa sobre indetectável. Uma vez contraído o vírus, o temos para sempre no organismo, correto? Se caso fizermos um novo teste HIV dará positivo de novo, correto? Indetectável são apenas níveis que mostram q o sistema imunológico está em sua fase normal?

Responder
Marcio Caparica

Não. Indetectável significa que o exame não detectou vírus em seu corpo. Se você não tivesse recebido o diagnóstico positivo anteriormente, seria considerado negativo. Mas como já recebeu, sabemos que o vírus está ainda em seu corpo, apenas em quantidades tão baixas que não é detectado no exame. Se você deixar de tomar medicamento, ele vai se multiplicar e voltará a aparecer nos testes.

Responder
sempre positivo

Então quer dizer que se uma pessoa possuir o vírus mas o sistema imunológico combater e sempre ficar a níveis mínimos essa pessoa nunca saberá do seu diagnóstico?

Responder
Marcio Caparica

O sistema imunológico NÃO COMBATE o vírus por si só. Não existe essa possibilidade da pessoa ficar indefinidamente com o vírus em contagem tão baixa que sua carga viral seja indetectável sem o uso de medicamento. O vírus HIV ataca o sistema imunológico em si. O que torna a carga viral indetectável são os medicamentos que o paciente com HIV toma. Como só se toma medicamento antirretroviral depois de se receber o diagnóstico soropositivo, essa situação que você está tentando imaginar é impossível.

Responder
renata

Como já disse sou controladora de Elite, carga viral zerada. O Organismo em alguns casos combate o vírus SIM, mas, o exame que é feito na sorologia acusa a presença do virus (adormecido) no corpo. Estude mais para não dar resposta errada a pessoas que ficam desesperada com essa condição.

renata

Marcio, o exame é feito na sorologia e não no vírus. Sou controladora de elite, minha carga viral é zero e sempre que faço o teste dá… positivo.

Responder
Paulo

Boa noite galera! Seguinte, há +- um mês e meio dei uns pegas numa amiga que é soropositiva. Ela se trata, tem isto desde nascença (curiosidade, o pai dela que ficou casado por uns 4 anos e não contraiu o vírus que a mãe carregava). A mãe só descobriu quando ficou grávida.

Enfim, voltando da balada manguaçado acabei arrastando ela e começamos no oral (famoso 69). No meio do pega pra capar o burro aqui se ligou que oral tmb pode contrair a doença, ainda mais que eu estava sendo ativo nela. Encuquei, paramos e cada um foi pra sua casa.

24hs depois minha garganta começou a fechar e comecei a sentir calor em demasia (estamos num verão lascado eu pensei). Pesquisei e vi que os sintomas de soro conversão geralmente aparecem após 4~8 semanas. De qualquer forma corri em 3 postos DST após 48hs e pasmem! Nenhum deles possuía o PEP, e até chegar no Emílio Ribas teria ultrapassado as 72hs. Desencanei, até pq a última médica/conselheira me disse que lá no Emílio eu iria passar por uma triagem, e como foi apenas sexo oral eu ficaria pra trás na fila.

Bom, passado uma semana tudo voltou ao normal, mas queria saber o que posso ter pego desta garota. Por ela ser soropositiva de nascença estaria carregada de doenças mesmo com carga viral baixa? Como sei qual teste de anticorpos HIV fazer e em quanto tempo? Já me falaram 21 dias, 30 dias, 60 dias, 6 meses… O que ela pode ter me passado para eu em 24hs ficar com a garganta completamente fechada? Existe DST com esta potência toda ou somente algo bacteriano?

Sei que o risco é praticamente nulo de eu ter contraído HIV, mas achei uma palhaçada os postos DST de São Paulo – SP não terem PEP, tá na lei que eles deveriam ter! Mas enfim, depois deste testamento todo, qual teste e quando é mais confiável para ter absoluta certeza que não contraí o vírus? Obrigado desde já!

Responder
Mikael

Kkkk Provavelmente você estava para se resfriar,e no calor do rala e rola,depois deve ter pego um ar frio,e estourou a garganta..aaah…esqueci de mencionar que,se o senhor estava bêbado,presumo que bebeu a bebida gelada,o que ocasionou a dor de garganta.

Responder
Joao

Ola , gostaria se possivel da sua ajuda , estou com muito medo de ter pego HIV , seguinte .. recebi sexo oral de uma garota de programa , e 12 h depois comecei a tomar a PEP ( profilaxia pos exposição ) gostaria de saber se tenho muita possibilidade de ter pego hiv??
OBS : hj se passaram 42 dias do dia q aconteceu , e com 30 dias (depois de ter recebi sexo oral ) fiz um exame dual hiv 1 e 2 antigeno p24 e deu NEGATIVO .

Responder
marcos

Ola marcio fiz sexo anal e oral sem camisinha e sem ejaculacao. Depois do sexo tive dores de cabeca e um pouquinho de febre. Obs foi minha primeira vez. Corro risco de ter contraido hiv?

Responder
Cátia souza

Oi tenho uma dúvida sai com rapaz usei preservativo mas, sem perceber ele tirou a camisinha quando já estava penetrando não ejaculou dentro de mim, quero saber se é um risco muito grande se ele for soro positivo, de ter contraído o vírus.

Responder
Fernanda

Marcio temho uma duvida, a sete anos tive relacao sem protecao, e nao me importava pela hiv, hj em dia sou estavel e tenho medo de um dia ter sido exposta, foi somente uma pessoa, mais a mesma ate hj nunca vi qe a pessoa q tive a 7 anos atras tenha sido soropositivo, ja realizei varios exames de sangue por diversas coisas, mais nunca pedi hiv, Se eu tivese o virus nos exames sairoa alguma alteracao que podería ser indicio do virus?
Eu ja deveria ter tido aids se tivese pego hiv a tanto tempo? ( pois sofro de gastrite seguida e dores de estomago maioria das veces)
Espero possa tirar minha duvida, pois por muitas noites me tira o sono, obrigada seu blog e otimo.

Responder
Luan

Amigos, Marcio, James, à todos, boa noite !
Acho q posso chamá-los assim após conhecer um pouco vcs através das experiências de vida relatadas aqui no site, excelente p/ todos q buscam uma orientação real e através disso ajudar outras pessoas tb.
Tive uma relação com uma garota de programa e ela fez sexo oral em mim e vaginal com camisinha, até aí normal, +/- 1 semana antes dessa relação eu tive uma infecção urinária e meu penis-cabeça, estava com uma pequena coceira e leve vermelhidão, porém qdo retirei o penis ela se prontificou em retirar a camisinha, pegou um papel toalha e desenrolou até a ponta, aí ela passou a parte do papel toalha “a princípio” limpa onde estava essa pequena irritação e ardeu um pouco devido a essa leve irritação. O meu receio é se esse papel encostou nas secreções da vagina na camisinha e sem eu perceber, encostando depois nessa leve irritação do penis podendo transmitir os vírus !? Pelo conhecimento e experiência de vcs, essa transmissão pode ocorrer assim ?
Essa relação foi às 23h35 de sábado e tomei a 1a. dosagem do PEP às 2h45 da manhã no Emílio Ribas, ou seja, 3h10m após a exposição…
Muito obrigado, irei atualizando as informações q com fé em Deus e toda certeza, não houve nenhuma contaminação. Abs !

Responder
nery

Bom dia meu amigo, uma dúvida se vc puder me responder , um pequeno corte feito no dedo a 4 horas +- antes da relação se esse dedo só encosta na secreçao vaginal pode pegar HIV? Sem esta sangrando?. Obrigado e um abraço

Responder
Juliano

Bom dia!!

Fiz sexo com camisinha mas a menina ficou menstruada na hora da relação, ao retirar o preservativo tive contato com o sangue no pênis, quais são os ricos??

Obrigado

Responder
Adam

Embora eu não seja o responsável pelo site, eu tenho conhecimento sobre a resposta que vc deseja e é a seguinte : Como houve contato do seu pênis com o sangue da mulher, há o risco d VC ser contaminado pelo vírus se a mulher for soropositiva. Se isso antes de 72 horas vc pode ir a um posto de saúde e pedir a profilaxia pós exposição que poderá evitar uma possível contaminação, se já se passou mais d 72 horas após a exposição já não a nada que possa ser feito para impedir uma possível infecção, VC deverá esperar a janela imunológica d 30 dias e fazer um teste d HIV para ter o resultado.

Responder
Gabriel

Marcio, recebi sexo oral sem preservativo de uma prostituta a uma semana, foi menos de 30 segundos pois fiquei com medo e pedi para ela parar, não possuia nenhum corte no penis, mas 2 dias depois fiquei cismado , fiquei com mal estar, não me sentia bem,meu sistema imunologico pode ter sido afetado por conta do estresse e ansiedade ? E estou c infeccao na garganta, pode ter alguma coisa a ver com HIV ou deve ser por causa do sistema imunológico que ficou fraco e propenco a pegar outras doencas ?

Responder
davi

É possivel pegar hiv colocando o pau da pessoa duas vezes na boca ? ele n gozou mas so de ter tido contato com o pau na minha boca eu fico louco, pq eu n me lembro se tava com aquela babinha sabe … uma semana e meia apos o ato eu fiz o exame e deu negativo.. posso ficar tranquilo ? Sou gay

Responder
Beatriz

Olá, estive em uma situação de risco a um mês… o cara era da África tinha chegado aobBrasil e fizemos sexo a camisinha estourou mais ele tinha acabado de me penetrar, acho que ja deveria conter alguma “baba” no penis…. depois de uns2 min percebi e retirei. Posso ter contraído hiv? Fiz uso da pep porém, usei em horários diferentes do dia pq o médico me disse que tinha que tomar junto a uma refeição e eu não tenho horaeio cerro de comer. Bjao

Responder
Beatriz

Ps: ele me disse que tinha. Depois do meu ataque de pânico ele diss que estava brincando. Depois eu implorei para ele dizer a verdade ele disse que tinha e depois voltou a dizer que foi uma brincadeira.

Responder
carmen

tive relação com um homem…foram duas vaginais com ejaculação. Qdo disse pra ele que não queria mais
ele me desejou boa sorte pois ele era soropositivo. MAS EU JA TINHA FEITO EXAMES COM 30 DIAS E COM 58 DIAS DA EXPOSIÇÃO. todos não reagentes. Devo repetir?
Não sei se ele falou só pra me assustar,depois ele desmentiu. A funcionaria do cta disse que meu teste não reagente é seguro mas tenho medo. O q vc acha? Obrigada

Responder
Luiz

Minha pergunta é a seguinte…. Tive uma relação passivo com um cara soropositivo… Apresentei vários sintomas sendo assim atualmente to tendo queda de cabelos, vômito, dor no estômago, e olhos vermelho… realizei o teste rápido com 60 e 90 dias e deu negativo…. E um quimioluminescencia p24 de 4 geração com 75 dias e 90 dias… Deram negativo… Mais a infectologista disse que janela é de 6 meses… Isso procede mesmo??? Queria saber de alguém que com 90 dias deu negativo e depois de 90 dias deu positivo???

Responder
Douglas Lourenço

Essa janela imunológica de seis meses ,é de anos atrás,hoje os exames do SuS são de terceira e quarta geração,com baixíssimos erros de não detecção,e com 28 dias,ja se detecta.E lembrando que uma soroconversao tardia é raro.

Responder
ALAN

E importante continuar a repetir os exames. Quanto a queda de cabelo, verifique se seu médico solicitou VDRL para indicação de sifilis e também exames para verificação de hepatite.

Responder
Reis

Boa tarde , a um mês atrás uma pessoa fez sexo oral em mim , não transamos porém fiquei sismado em relação a isso , não consigo dormir direito e pra piorar um mês depois tive um resfriado que não deu febre mas sim congestão nasal . E possível ter contraído algo já que só recebi o sexo oral e não fiz ?

Responder
Mr.

Olá Márcio,quanto tempo depois do término da pep um teste rápido d HIV já pode ser considerado conclusivo ?

Responder
Maria

Oi vou resumir meu caso,pois a história é longa!
Tenho tido dias terríveis,bom vamos lá,tive um relacionamento de 8 meses com uma pessoa.Depois que terminamos fiquei sabendo por boca de terceiros que essa pessoa era soro+,já tinha se passado 80 dias da última relação corri e fiz o exame que procura o p24,resultado negativo graças a Deus.
Nesse meio tempo voltei com meu ex e tive relações com ele,pois não sabia do possível infecção,aí então com 113 dias voltei a fazer o exame e meu companheiro também fez,mais uma vez negativo!
Bom encucada com isso procurei a pessoa que poderia estar infectada e ele me confirmou que o dele positivo.
Agora em janeiro,ou seja 9 meses depois da relação que tive com ele fiz mais um exame Pra desencanar de vez e graças a Deus veio negativo dinovo.
Fato é que agora depois de tanto tempo meu marido me aparece com umas bolinhas no corpo parece picada de mariçoca,e td voltou a minha cabeça.
Estou revivendo toda a angustia dinovo pensando que é o tal rash cutâneo pois procuro procuro e não encontro opiniões iguais,cada um fala uma coisa diferente.
Será possível que depois de todo esse tempo agora que ia aparecer os sintomas?
E esse último exame que fiz com 9 meses depois,não me dá um resultado seguro?
Lembrando que fiz um com 80,113 e o último agora com 270 dias isso já não teria acusado o vírus ou ainda não é uma janela segura?
Me ajude estou em pânico .

Responder
johnny

Parabéns por esse post, e por sua atenção e paciencia respondendo as pessoas, espero que você tenha noção do quão informativo esse post é e do quanto ajuda a quebrar preconceitos contra soropositivos e relações sexuais em geral. Você é uma pessoa abençoada!

Responder
Eduardo

Fiz sexo oral em uma mulher em uma viagem e fizemos sexo e tudo mais com camisinha ate ai tudo bem , mas eu estava com uma ardencia na ponta da lingua (sem cortes aparentes) e estou na neura e desesperado , gostaria de saber se há risco de contagio e se esse risco é grande? Agradeco desde ja…

Responder
Lili

olá Marcio posso pega essa doença atráves de um abraço aperto de mão e e um beijo ? mim responda por favor

Responder
Mr.

Olá Márcio, terminei o tratamento da Pep neste sábado, tomei td direito durante os 28 dias sem falha.
O meu retorno ao médico está marcado para o dia 25/05, a médica disse q era pra eu tomar uma vacina de hepatite, a pergunta é: se eu tomar essa vacina durante a janela pós pep, ela poderá d alguma forma alterar ou interferir o resultadodeste exame q está marcado para quase três meses após a pep ?
Grato desde já.

Responder
Davi

Tive uma relação de risco onde estourou preservativo,fiz teste rápido com 30,45,50 dias e negativo, com 60 dias fiz quimioluminescencia de 4 geração hiv1-2 e p24 deu negativo,ser a que pode ser um falso negativo? Tive diarréia minha garganta e minha boca secaram é um rosto metálico nA boca,agr tô com inguas no pescoço e virilha meus olhos estão ardendo muito estou preocupado pode ser hiv

Responder
Felipe

Botei o pênis no anus de um travesti e colocando a camisinha estourou,em seguida retirei, e coloquei outra,corro risco de ter contraído hiv?

Responder
Gê.

Boa Tarde.
Márcio tive uma relação sexual onde recebi e fiz sexo oral sem preservativo, durante o sexo anal foi com camisinha , mas penetrei apenas 2 vezes (Enfiei , tirei , enfiei , e tirei ) de forma rapida sem a camisinha . fiquei preocupado parceir desconhecido e 12 horas depois começei a tomar o Pep , corro risco de ter sido infectado?

Responder
Rodrigo

Olá gostaria que você contasse sua experiência. Depois do PEP, qual o resultado dos exames ?

Obrigado

Responder
Mr.

Márcio eu estou tomando a pep, hj eu atrasei 10 minutos para tomar a dose, e ao total faltam apenas três doses para acabar o tratamento. VC sabe me informar se este atraso de 10 minutos pode ter atrapalhado o tratamento ?
Grato desde já.

Responder
João

Olá Marcio, fiz sexo com uma garota sem camisinha, só penetração vaginal, na hora de fazer eu tava com minha camisinha na carteira, mas ela disse que preferia sem, ai nao perguntei mais nada, foi a primeira vez entre a gnt, existe alguma chance de contrair qualquer doença em casos assim?

Responder
GISELE

mE FUREI COM UMA AGULHA DEPOIS DE UMA INJEÇÃO INTRAMUSCULAR, CORRO O RISCO DE CONTRAIR O HIV PACIENTE DESCONHECIDA O FURO FOI MINUSCULO E UNS 5 MINUTOS DEPOIS DA APLICAÇÃO COM 30 HORAS COMECEI A TOMAR O PEP , MAIS POR FAVOR ME AJUDE MARCIO

Responder
Anônimo

Olá,sou lésbica, tive relações sexuais com outra garota, ela me disse que não tem doença nenhuma, mas não a conheço, e chupei ela, e uma semana depois tive uma coceira vaginal, passei pomada e em dois dias a coceira parou, isso ja tem um mes, mas estou muito preocupada,será que tenho chances de pego um hiv? o que eu faço?

Responder
Davi

Olá, tive uma relação de risco a cerca de 60 dias estou a camisinha e não vi ,fiz um test de saliva aos 30 e deu negativo, outro em um e cta com uma gota de sangue aos 45 dias e deu negativo, outro de saliva aos 58 dias e tbm negativo ser a q tenho chance de pega hiv estou desisperado

Responder
Davi

Minha boca seco e fiquei sem saliva e já fiz vários teste a inclusive um de 4 geração e deu negativo em 60 dias agr parece que minha boca tá toda cortada tô MT estranho

Responder
Davi

Sim estou tentando mais o médico falou que os exames só ficam positivos após 6meses estou com muitos sintomas ruins ‘

Responder
Antonio

Marcio, há uns 25 dias atrás me expus: pratiquei sexo oral sem proteção em uma garota. Também recebi. A transa em si foi com camisinha e somente vaginal. Desde então, estou neurótico com a possibilidade de infecção pelo sexo oral. Não sei o histórico e sorologia dela.
Apenas alguns relatos: uns dois dias após a exposição, comecei a sentir um incômodo na garganta, como se algo estivesse “agarrado”. Este incômodo permaneceu por uns 15 dias. Hoje, minha garganta começou a incomodar como uma inflamaçao e sinto sintomas / prostração de gripe (ainda sem febre). Isso está me deixando ainda mais ansioso.
Bem, sei que é irrelevante perguntar “se peguei”. Mas precisava de alguma forma compartilhar isso com alguém.
Já desisti de procurar na net os “se”…
Então só gostaria de perguntar a probabilidade de contaminação e qual o tempo mínimo para confirmação por teste? Existe forma de prevenção após a exposição?

Responder
Marcio Caparica

Sua própria mensagem já diz: é neurose.

A chance de pegar HIV apenas fazendo sexo oral em uma garota é praticamente inexistente. E você nem sabe se ela é soropositiva.

Existe como prevenir depois da exposição, tomando o coquetel anti-HIV (oferecido em centros de saúde públicos) em até 72h depois da exposição. No seu caso, no entanto, você já passou do período indicado. No entanto, mesmo que ela seja soropositiva, chupar buceta tem chance quase zero de transmitir HIV para quem está chupando.

Responder
Antônio

Marcio,

Muito obrigado. Deu pra dar uma respirada.
De toda forma, farei o teste e volto a postar!

Valeu e parabéns pelo site!

Responder
jose

ola… tive uma relacao de risco passivo, e o cara era positivo. tive mts sintomas, fiz o teste com 45 dias deu negativo e outro com 75 dias de 4 gercao, deu negativo.. mais minha infectologista disse q da positivo ate 6 meses… isso procede ??

Responder
Filipe

Olá fiz um teste rápido com 60 dias e um particular com 75 dias depois da exposição de 4 geração que procura o p24…/ ambos deram negativo… Descobri q a pessoa é soropositivo e não sei se ela se cuida… Enfim relação de alto risco sem camisinha… Com 75 dias de 4 geração não era pra dar positivo??? Ou ainda pode dar positivo??

Responder
Marcio Caparica

Transar com alguém soropositivo não quer dizer que você automaticamente se infecta. Você pode dar sorte e não contrair o HIV mesmo tendo transado com um soropositivo. No seu caso você deu sorte. Não conte com a sorte.

Responder
Paulo

Fiz sexo com uma prostituta quando gozei percebemos que a camisinha estava dentro dela, perguntei se ela tinha alguma doença ela disse que não, estou preocupado com a chance de ter contraído hiv

Responder
Anônimo

Recebi e fiz sexo oral em um cara de sorologia desconhecida sem preservativo… onde também fiz oral anal nele. A penetração anal, onde fui ativo, foi com preservativo e não estourou. Iniciei a PEP 9 horas após a situação de risco e já estou no 7º dia de tratamento. Colateral até agora foi apenas icterícia. Quais as probabilidades (%) em contrair HIV?

Responder
Anônimo

Obrigado Marcio! Já fico mais tranquilo com sua resposta… o problema é que há muitas informações na internet, e vejo alguns relatos de pessoas que positivam após a PEP, e este é meu maior medo. Existem fatores que colaboram para que se positive ou é loteria??? Seria aqueles 10% ou menos que a ciência fala??? A PEP é realmente eficaz???

Responder
Joca

Tive uma relação com uma prostituta, usamos camisinha e tenho 99,9% de certeza que a mesma não furou. Fiz sexo anal com ela e mordisquei, beijei os seios da mesma.
Notei apenas hoje que estou com uma ferida na parte interna da boca, uma afta. Posso ter contraído aids caso ela tenha um corte nos mamilos (não notei gosto nenhum de sangue na minha boca).

Recebi também um pouco de sexo oral dela.

Por favor, estou um tanto preocupado, devo fazer uso do PEP ou algo do genero?

Responder
Anônimo

Tive um relacionamento de 7 meses mais sempre fiz sexo com camisinha mais o sexo oral sempre sem camisinha ele era portador do vírus ambos eram homens tenho muitas chances de pegar correto ?

Responder
Thiago

Fiz sexo oral em um rapaz de sorologia desconhecida, não houve ejaculação na boca, apenas a babinha.. Porém minha garganta estava bem inflamada no dia. Isso aumenta as chances de contaminação?

Responder
luiz

tive uma relacao de risco supostamente a pessoa seria positiva… ´pratiquei sexo anal… enfim apresentei varios sintomas sendo assim fiz um testa rapido com 45 dias e outro com 75 dias ambos deram negativo… ainda sim corro muito risco de estar infectado ??? dizem q janela é de 30 dias outro 60, 90 120… enfim nao sei o que fazer mais

Responder
Adriano

Ola preciso muito que tire essa duvida .. Fikei com uma garota e dei um beijo nela de uns 20 segundos e depois que terminamos o beijo ela me disse que era portadora do HIV.. Eu na época tinha um furo de piercing na lingua cicatrizado a 2 anos.. Mas não descarto uma cárie.. Sera que peguei HIV??

Responder
Leo

Marcio, em relação ao HIV sobreviver poucos segundos fora do corpo humano vc já tirou esta duvido com algum medico daqui do Brasil? Se sim, quais foram as considerações que eles deram? Desde já agradeço pela sua atenção e pelo seu site com conteúdos de excelente qualidade.

Responder
Adam

Márcio, sou eu o rapaz que está preocupado com as manchas e os caroços vermelhos durante a pep.
Eu gostaria de um esclarecimento se VC tiver está informação e se não for te incomodar.
É o seguinte: Hj eu fui passar com um infectologista para ele ver o q é essas manchas e caroços ele me disse q é urticária alérgica, e me passou um remédio para alergia, VC sabe me informar se este remédio pode interferir no trabalho da Pep no meu organismo ?
Grato desde já.

Responder
Marcio Caparica

Eu acho que você deveria procurar orientações médicas direto com profissionais de saúde, ao invés de tentar buscar respostas com um jornalista que, por mais que estude, não tem qualificação médica (nem quer ter).

Responder
Cirilo

Ola Marcio!
Ha quase 3 anos fiz sexo oral em um rapaz desconhecido sem camisinha, protegendo me apenas no sexo anal! Essa semana fiquei com o corpo inteiro com pequenos pontos vermelhos q cocam, alemd de febre e dores! Fiquei c suspeita de de gue mas foi descartado!
Isso poderia ser reacao de uma infeccao de hiv q poderia ter pego desta situacao que eu tive?
Nunca fiz exame! Obrgado

Responder
AAPS

olá Dr preciso de sua ajuda. hj tive relação com uma pessoa desconhecida, usei preservativo porem tive pegar no meu penis depois de ter introduzido na vagina dela. após a penetração segurei o meu penis q estava de camisinha porem meu dedo estava com um corte, corro risco de me contaminar caso ela seja soropositiva??? estou aflito preciso de ajuda.

Responder
Ronaldo

Boa tarde !! meu querido , aqui e mesma pessoa q deixou as duvida da outra vez , hj fui ao posto de testajem como já tinha feito exame 68 , 4meses hj fiz com 6meses e 11 dia deram tudo negativo mais existiu um erro no meu sobrenome e em um úmero do meu rg quando eu peguei o resultado ..

eu acho q foi erro da recepção quando pegaram meus dados pq quando fiz o exame a enfermeira colocou Meu nome nos teste .
devo fica despreocupado ou eu volto la e peço alguma informação sobre isso.

te agradeço .. pela ajuda

obg . Deus the abençoe

Responder
Dani

Cara Márcio,
Fiz sexo oral em rapaz hoje, não sei se ele é soropositivo, o sexo oral durou cerca de 2 minutos e ele ajaculou um pouco na minha boca e eu engoli. Estou com uma afta grande na boca, existe risco grande de contaminação caso ele seja soropositivo ?

Responder
Anonimo

Olá , aconteceu um fato comigo que foi o seguinte conheci uma mulher de sorologia desconhecida fizemos sexo vaginal e oral com camisinha pois tenho muito cuidado e receio de contrair dsts ! Porém fiz algo que agora estou encabulado depois que transamos é gozamos fomos se acariciar e eu introduzi dedos na vagina dela e depois coloquei na boca dela ou seja com secreções e com o próprio gozo dela ! E depois creio que beijei ela e eu estava com uma afta em minha boca e agora eu lhe pergunto se tem um risco grande ou pequeno de eu contrair HIV ? Claro se ela estiver contaminada é claro .. Coisa que eu não sei sobre ela mas tenho medo ! Abraços e por favor me respondam !

Responder
Anônimo

Sobre dedadas ok , mas a questão é que eu coloquei os dedos depois te ter introduzido na vagina na boca dela ou seja com o gozo dela e com secreções vaginais e depois acabei beijando ela e eu estava com uma afta enorme em minha boca , corro risco de ter contraído dessa seguinte forma ?

Responder
Adam

Olá Marcio td bem ?
Estou com pequenos caroços vermelhos em algumas partes do corpo,q pelo q li parece a rash da fase aguda do HIV, e estou tomando a pep, as minhas perguntas são: é possível ter sintomas da fase aguda do HIV msm durante a pep ?
E esses caroços vermelhos podem ser essa rash cutânea msm durante a pep ?

Responder
Carlos

Ola! Parabéns pela materia! Incrivel!
Eu namoro um rapaz hoje, ja faz 1 ano!
um mes antes de namora- lo! fiquei com um rapaz de um aplicativo, fui ao app dele, mas nao o conhecia, no sexo anal usei camisinha… mas na preliminares, sexo oral, nao usei nada, sem proteção, ate pq ca entre nos, nao da pra chupar com camisinha ne, e ele tbm rocava seu pau no minha bunda e pérto do anus sem camisinha!
Não fiz exame de hiv pq nao senti necessidade!
Você acha necessário! Estou sem neuras, mas ouvindo outra opniao e melhor

Responder
deivid

Caro Marcio Tive uma relação com uma mulher desconhecida Fiz sexo oral nela fiz exame após 4 meses estou assustado pois estou com muitas dores musculares e garganta inflamada agora já tem 7 meses da relação

Responder
Wander Souza

Olá Marcio! Ja fazem 2 anos que tive minha primeira relação sexual, eu tinha 23 anos! Foi durante um intercambio em Nova York! Conheci um brasileiro, residente la, e fizemos sexo! Fui ativo, e utilizei camisinha durante o sexo oral, porém, como era a primeira vez, faltas de conhecimento e tal, fiz sexo oral nele sem camisinha, muito pouco, mas fiz! Tenho um medo enorme de ter contraido HIV! É possivel eu ter contraido o vírus???
Sempre me cuidei, mas somente este instante de um sexo oral, me faz ficar com medo! Ja conversei com medicos, e eles sempre me falam que é impossivel ter contraido, mas nunca me explicam o pq, apenas pra eu ficar sossegado!
Obrigado! Abraços

Responder
Marcio Caparica

Imagino que vc usou camisinha no anal, e não usou no oral.

A chance de pegar HIV com sexo oral é muito, muito, muito pequena. Existem casos registrados, mas são raríssimos. A saliva não carrega o vírus HIV; caso a pessoa ejacule na sua boca, você tem uma chance ínfima de pegar HIV. Em geral, no entanto, mesmo ejaculando, a transmissão não ocorre.

Agora, a solução para sua aflição é simples: faça o teste.

Responder
Pablo

Ola! Aproveitando q pergunta do wander! Ocorreu algo parecido
Comigo! Um mes deepois vi q estava com uma pequeba carie! Mas nao havia percebido se na época quebfiz sexo oral sem camisinha ja estava com esta carie, apesar de pequena! Com isso e possivel pegar hiv?
E abturacoes no dente, mesmo q fechadas, tbm facilitam!
Última pergunta! E verdade q nao pode escovar os dentes antes do sexo oral pq e perigoso por deixar a gengiva sensivel e poder se contaminar devido a pequenos machucados q a escova pode causar!
Obrigado

Responder
Marcio Caparica

Oi Pablo. Nenhuma atividade na boca aumenta nem diminui o risco de pegar HIV – esse risco, ínfimo, já (mal) ocorre devido à mucosa da boca. Escovar os dentes, obturações, passar fio dental, nada disso influencia.

Responder
Márcio Mendes

Márcio, bom dia.
Aproveitando a deixa, fiz sexo oral em um rapaz com camisinha do inicio ao fim, no entanto, li algumas matérias dizendo que a camisinha não protege 100% contra o HIV. Isso é verdade? Corro algum risco?

Responder
Marcio Caparica

Se a camisinha não estourou, você está protegido. Quando se afirma que a camisinha não é um método 100% eficaz contra o HIV, a pessoa está colocando na conta as vezes que a camisinha estourou e, portanto, não protegeu a pessoa.

Marcio mendes

Obrigado pelo retorno .
A propósito , ainda sobre a transmissão do HIV no sexo oral, andei pesquisando sobre o que o médico americano, Dr Edward hook , comentou sobre tal transmissão .
Segundo o próprio , o risco é praticamente zero tanto para quem faz ou para quem recebe.
E muito interessante a matéria e recomendo a leitura .
Não sei se vc tinha conhecimento deste fato , mas fica a dica só para esclarecer aqui no fórum !
ABS

Mr.

Olá,por favor eu gostaria de tirar algumas dúvidas se não for incômodo.
É o seguinte, a 1 semana eu tive uma exposição de risco com uma garota de programa q não sei se é soropositiva ou não, na ocasião a camisinha estourou durante o sexo vaginal, e nós só percebemos depois de alguns minutos de penetração, com 28:30 depois da exposição eu começei o pep com três comprimidos por 28 dias por recomendação da infectologista do hospital Emílio ribas, ela no momento me disse q era pra eu ficar tranquilo pq comecei o tratamento em horário dentro do período das 72 horas.
Só q a dois dias estou com um mal estar e uma irritação na garganta e espirro as vezes com um pouco de secreção nasal, eu gostaria d saber se esses sintomas são normais ?
E se realmente posso ficar tranquilo com a eficácia do pep ?
Grato desde já.

Responder
Mr.

Muito obrigado pela resposta Márcio.
Eu gostaria de fazer mais uma pergunta se não for incomodar. É a seguinte: hoje por volta de 1 semana e alguns dias após está exposição de risco que eu disse na mensagem anterior, eu estava com uma coçeira na palma das mãos, e quando acordei percebi que estou com alguns pequenos caroços vermelhos que parecem picadas de insetos no braço perto da região dos pulsos, outros dois naquela parte do braço onde eles colocam a agulha para tirar o sangue.
Eu gostaria de saber se isso pode estar relacionado ao HIV, ou outra coisa ?
Eu estou muito tenso e não paro de pensar nesse assunto.

Responder
Thomas

Gostaria de saber se eu fizer sexo oral em uma garota desconhecida corro risco de contrair hiv? Somente o oral nela.

Responder
Marcio Caparica

Não importa se ela é desconhecida ou conhecida. O que importa é se ela é soropositiva ou não. Sexo oral tem um risco muito, muito, muito baixo de transmitir HIV, mesmo se a menina for soropositiva.

Responder
Thomas

Obrigado Márcio. Eu fiz oral nela .Ela disse que nao tinha nada.Estava tudo muito limpo, sem corrimento, secreção, feridas e minha boca muito limpa tbm. O resto tudo com proteçao. E uma acompanhante de luxo. Muito obrigado fico mais tranquilo.

Responder
John

Marcio. Tive relação com uma Puta. Com camisinha e tal. Gozei mas continuei o ato… anal…mas… mais ou menos nas 3 ou 4 ultimas botadas a camisinha tinha saído, soltado. existe uma grande possibilidade de eu ter contraido HIV ?

Responder
Leonardo

Marcio, boa noite! Mantive relações sexuais pela primeira vez com um cara onde eu chupei ele (o pênis dele não ficou ereto, mas provavelmente tinha baba) e ele me dedou por um tempo, não houve penetração nem ejaculação, porém depois eu percebi que o dedo dele tinha um pequeno corte. Fiquei desesperado e aproximadamente 36 horas depois (Foi Sábado, e tive que esperar até Segunda) fui a um CTA e comecei a tomar a PEP (no dia fiz os exames para HIV, Hepatite, Sifilis e todos deram não reagente).
Durante esse meio tempo tomando a PEP consegui convencer a pessoa a realizar também o teste rápido de HIV e deu negativo (para sífilis também). Hoje eu terminei a PEP e estou aguardando o retorno no CTA porém ainda estou muito preocupado…Quais as chances de eu ter contraído HIV?
Eu tomava os 3 comprimidos da PEP todos os dias às 9:15 mas as vezes eu acabava atrasando uns 15 ~20 minutos (tomando 9:40/10:00) mas nunca deixei de tomar sequer um dia, isso pode ter prejudicado o tratamento de alguma forma?
Estou muito angustiado pois não tenho ninguém para poder conversar sobre isso e foi minha primeira vez…Agradeço do fundo do meu coração pela ajuda.

Responder
Marcio Caparica

Pode ficar tranquilo. Esses atrasos não vão estragar seu tratamento. E ele é soronegativo, e pra garantir você está fazendo PEP. Termine o tratamento até o final e fique em paz!

Responder
Beatriz

fiz sexo com meu namorado por alguns segundos ele não usou camisinha e eu tirei logo sou soro posítivo ele não,pode contrair o vírius,me responda estou com muito medo e ja se passaram as 72 horas.

Responder
Thomas

Fiz sem oral em uma mulher desconhecida. Esta limpo, cheiroso, sem feridas e corrimento a vagina dela. Miha boca também estava limpa e sem feridas. Corro algum risco de contrair hiv?

Responder
Gustavo

Oi,há 30 dias deixei um cara sarrar em mim usando camisinha.Mas nunca o vi, e não o conheço então bateu aquele medo da pessoa agir de má fé, não houve penetração e tudo não passou de 2 minutos,ele apens forçou na entrada, e colocou o dedo,com um liquido que imagino ser lubrificante.
Minha dúvida é: Se esse liquido fosse aquela baba do pau,haveria chance dele me infectar com o dedo melado colocado no meu ânus? Agradeço rs :3

Responder
Victorhugo Rodrigues

Dr se uma pessoa passar cuspe no meu pau, e a gente não ter nenhuma outra relação sexual, existo alguma possibilidade de eu está contaminado?

Responder
Renaldo

bom dia Márcio gostaria Que você mim esclarecesse umas dúvida no mês de setembro tive uma relação passivo com preservativo só o oral sem preservativo meu parceiro rosou o pau em meu anos só tivermos só essa relação cm 43 dia peguei uma gripe forte q meu médico mim receitou ums antibióticos tive reações ao medicamento. já tem 5 mês q usei e tow ate hj sentido as reações .
fiz três exame de hiv. todos negativo fiz dois com 68 diaas e outro cm 4meses
não tenho paz será se está contaminado ?
o devo realizar outro exame ?
ou esses sintomas são psicologico ?
um forte abraço mim ajude pfv.

há logo quando pesquisei sobre sintomas na net apareceu hiv eu entrei em pânico fiquei com depressão tive q toma asertilina mais não tava adiantando parei eu peço socorro. ……
tudo q eu como mim
faz mal meu corpo começa a queimar poir q pimenta
sera se os antibióticos enfraqueceu meu organismo

Responder
Marcio Caparica

Meu caro, se seu único comportamento de risco foi em setembro e desde então você já fez três exames de HIV, e todos deram negativo, você não tem HIV. Seria bom você procurar um psicólogo.

Responder
Gabriel

Olá Márcio. Em janeiro na madrugada do dia 08 transei com um soropositivo sem ejaculação e sem camisinha, no dia seguinte que fiquei sabendo corri para o hospital e comecei o pep. Isso foi dia 9 na parte da tarde, no mesmo dia um um exame sorológico que peguei o resultado dia 27 e deu negativo. Ele me disse que já é soropositivo há mais de 8 anos, e que a carga viram dele é baixa. Terminei o pep e farei outro exame para saber como estou. Existe a possibilidade de não ter contraido o vírus? Obrigado.

Responder
Diogo

Tive relação com uma moça que estava menstruada e infelizmente a camisinha se rompeu, e mesmo eu interrompendo o ato vi que “sujou” um pouco meu órgão de sangue?Fui direto pro chuveiro mesmo assim corro algum risco se ela tiver HIV?

Responder
Pedro Araujo da Silva Filho

Olá Márcio. Fiz sexo na madrugada do dia 09/02 com uma garota de programa. Utilizei camisinha, mas, em um momento (acho que durante 1 minuto aproximadamente), introduzi a ponta de minha língua no ânus dela, com movimentos muito intensos e vigorosos. Corro o risco de ter contraído o vírus? Não sei se ela é portadora do vírus.

Responder
julio silva

Eu me masturbei com um cara que não sei se é soropositivo, ele passou a mão cheia de goza no meu pau, existe risco de contrair hiv??

Responder
Flávio

Olá marcos fui casado e sou portador do HIV que contrair do meu parceiro. Nos separamos e um mês dpois tive relação com outro uma vez e nao usei camisinha. Há chance dele ter pegado?

Responder
Gabriel

Olá, Marcos!

Namoro um rapaz a três anos, tanto eu quanto ele tivemos nossa primeira relação juntos, dês de então nos relacionamos (muitas vezes sem camisinha), nossa vida sexual é intensa e nunca pensamos em realizar o teste, até agora. Porém gostaria de saber se apesar do quantitativo de relações, se há muita chanse de sermos soropositivos e termos escapado até agora?

Desde já agradeço!

Responder
Joao

Bom dia, tive relação ativa sem camisinha, fiz o teste com 18 e depois com 26 dias após a relação e segundo meu médico não apresentou nenhuma alteração.
Porém, estou desesperado e passei a sentir diversos sintomas, como ínguas no pescoço e cansaço.
Minha dúvida é: com 25 dias o teste já me dá alguma segurança?
Obrigado, abraço.

Responder
Sebita

Oi. Fiz o teste hoje, por três vezes e deu positivo. Qro saber se eu começar o tratamento com antiretrovirais poderei infectar a minha noiva se me envolver com ela?

Responder
Marcio Caparica

Não existe tempo definido. Você vai receber antirretrovirais, e realizará testes periódicos, até chegar na carga viral indetectável. Até lá, você pode continuar transando com sua noiva – MAS COM PRESERVATIVO.

Responder
Mateus

Olá, eu tenho uma duvida que está tirando muito o meu sono.
Em outubro de 2015 eu recebi sexo oral de uma pessoa que eu nao sei se tinha HIV ou não. Durou cerca de 5 minutos. Caso a pessoa seja soropositiva eu posso estar contaminado? Tenho 2 inguas no pescoço que nao somem nunca (tambem nao sei dizer se elas ja estavam ali pois em setembro, ou seja, 1 mês antes do ocorrido eu tive uma infecção na garganta que tive que usar antibióticos). Desde já agradeço.

Responder
Marcio Caparica

A chance é bem bem pequena de que você tenha contraído HIV no sexo oral – mas existe. Existe uma maneira muito simples de resolver seu problema: faça já o teste para HIV.

Responder
jorge

uma duvida fiz o exame de hiv a informe ira estava meia tensa na hora de fazer a retirada do sangue deixo um negocio cair no cão não lembro o que era ela pegou o meu sangue e jogo na mesa minha duvida a informe ira pode ter tirado meu sangue com agulha contaminada dez do dia do teste tive diarreia com fezes amarelas dores no corpo e tosse o resultado deu negativo obrigado por responder

Responder
Alex

Tô usando a PEP e tô no terceiro dia. Pesquisei sobre os efeitos colaterais e não achei algo claro. Queria saber quais os efeitos do tratamento. Eu sinto dor no estômago, gases, sinto meus olhos meio esbugalhados e uma má disposição. É normal isso?

Responder
Caio

Tenho HIV, sempre uso camisinha com minha namorado, mais sempre estoura ai colocamos outra sera q passei a doença pra ela

Responder
Alex

Oi consegui a PEP no posto da minha cidade. Porém faz mais de 72 horas e mesmo assim a moça me falou que posso usar, que será eficaz. Tenho medo se usar e desencadear aids em mim.

Responder
Cecília na

Oi bom dia eu gostaria de saber se manter sex com alguém q tem o vírus HIV pega se tipo coloca o pênis e o parceiro não gosa se pega ? Gostaria tbm de saber se tipo o camisinha estourou .aí tem como a pessoa não enfequitada toma algum em mediato .p não contrair ? Bjs e aguardo retorno !

Responder
Alec

Oi eu sou o Alex do comentário sobre o sexo oral. Eu fui no Posto de Saúde da minha cidade na Sexta de manhã, o exame de HIV foi feito e deu negativo, porém a moça me falou que seria melhor eu chamar o garoto que transei pra fazer o teste rápido de HIV. Tentei contato com ele pela tarde mas ele se ofendeu e não quis fazer o exame. Mas o posto de saúde da minha cidade fecha aos finais de semana e eu preciso da PEP, por precaução, onde consigo? Sendo que foi as 23 horas de quinta feira que trânsei com ele. Na segunda irá passar das 72 horas, me ajuda.. Onde consigo?

Responder
Cristoffer

Boa tarde! Marcio, meu relato é parecido com um abaixo, dedei um rapaz e após o termino da transa peguei no meu pau sem camisinha com o mesmo dedo que tinha colocado no anus dele, corro risco de contrair hiv?

Responder
Wesley

Aah , a camisinha eh 100 % segura ? Se nao , qts mais ou menos ela eh segura , claro usando crt , e bem lubrificada

Responder
Caio

Tive varia relações, com mulheres e homens sem camisinhas, não Sei se tou com hvi, não sei se as pessoas tinhas, começei a preucupa quando, comi um gay sem camisinha, ele nunca me falou se tinha ou não, mais depois de algum tempo , ele se suicidou, ninguém sabe o motivo, ai eu comecei a pensar sera q ele descobriu q tinha HIV, ai depois de uns tempos sinto muito dor de cabeça, febre e dores no corpo e uma diarréia a mais de 6 meses q não passa, enfim não ligo se peguei, o problema q hj tem uma namorada linda q amo muito, já transamos umas 10 vez, sempre usamos camisinha mais pro meu azar sempre a porra e estoura e morro de medo de ter passado algo pra ela, tao novinha, não me perdoaria eu não sei se tenho, mais se tenho sera q passei pra ela

Responder
Wesley

Eu transei com uma prostituta ,Inclusive , foi mh 1° vez , usei camisinha eh claro , mais coloquei 2 dedos na buceta dela ..por exrmplo , se ela for soropossitivo , eu corro algum risco de pegar aids por ter colocado 2dedos na buceta dela ?

Responder
Alex

Oi, conheci um rapaz e fui aos finalmentes com ele. Só que um dia antes eu havia me mordido forte na parte interna da boca. Na hora do “sarra-sarra” eu percebi que ele largou a babinha do penis, porém eu levei ele até o banheiro e lavei o penis e fiz oral sem camisinha. Será que há risco de eu ter contraído HIV? Faz 5 horas que eu tive relação com ele e to com muito medo..

Responder
Marcio Caparica

Risco sempre há algum, mas no sexo oral ele é muito, muito baixo, tendo você se mordido no dia anterior ou não. Se você está tão preocupado com isso, vá ao centro de saúde e procure fazer a profilaxia pós-exposição!

Responder
Marcio

Boa tarde, Márcio! Tive relação com uma menina sem camisinha, ela só descobriu que é soropositivo dias depois que transamos! Tem alguma chance de eu não ter contraído o vírus? Obrigado

Responder
Marcio Caparica

Tem. E tem de ter contraído também. Faça um teste agora e outro daqui a três meses. Se ainda for menos de 72 horas desde que você transou sem camisinha, corra para o centro de saúde e peça a profilaxia pós exposição.

Responder
Juan

Marcio, fiz sexo anal com uma mulher, o sexo foi com camisinha tudo certinho, a unica duvida que eu tenho é que eu introduzi 2 dedos no anus dela durante uns 2 segundos e após uns 10 minutos de transa encostei no meu pênis (o mesmo dedo que introduzi no anus dela teve contato com o meu pênis). Ai que vem a pergunta: corro um risco muito alto de contrair o HIV?

Responder
Juan

Marcio, em relação a outras dst, como por exemplo HPV, nesse caso que eu relatei existe algum chance de contrair?

Responder
Mauricio

Marcio, gostaria que você me tirasse uma dúvida. Transei de camisinha com uma mulher sábado pela manhã. não fiz sexo oral nela e nem ela em mim. Descobri que ela e soropositiva no outro dia. Estou com uma pequena afta na boca. Nos beijamos muito. Tem risco de eu contrair hiv mesmo estando de camisinha porque parece que ela não faz o tratamento. E tem risco o beijo de língua já que estou com essa afta ? Ressaltando que a camisinha se manteve intacta. Eu não consigo tirar isso da cabeça.

Responder
Mauricio

Muito obrigado Marcio, e que cheguei no posto de saúde para fazer os testes e a enfermeira falou que pegava sim, porque estou com essa afta que já era um machucado e que se essa afta tivesse qualquer contato mesmo se pequeno com uma secreção vaginal eu também pegava e por ultimo falou que mesmo com camisinha eu poderia ter pego porque se ela não faz o tratamento a camisinha não é muito eficaz! Ela é uma desinformada ? Ou ela está certa?

Responder
Mauricio

E a parte da secreção vaginal encostar na afta ? E que tipo estávamos trancando, ela se dedando e depois colocou dedo na minha boca e encostou na afta. Desculpa fazer essas perguntas e que essa enfermeira abalou e muito o meu psicológico.

Marcio Caparica

Espere o resultado do teste chegar. Assim vc vai ficar sabendo. Mas o vírus não sobrevive mais que poucos segundos ao ar livre. Ou seja, não importa sua afta, não vai ser você chupar o dedo dela que vai transferir HIV, afta ou sem afta.

Rodolfo

O meu caso é um relato.
Conheci uma pessoa e tive a sensação no outro dia que ela tenha ejaculado em mim. Mas no mesmo dia em que tive relação com essa pessoa eu fui ao sanitário e fiz muito côco … Então penso q se essa pessoa tivesse de fato ejaculado em mim o semen teria saído juntamente com o esperma. Certo? Me ajude se puder. Estou muito mal.

Responder
Rodolfo

Correção na sexta linha. ** o semen teria saído juntamente com as fezes. Certo? A pessoa usou preservativo mas com essa onda de pessoas q não furam o preservativo estou muito preocupado pq 40 dias depois fiquei mega preocupado e tive alguns sintomas. A fase aguda pode durar mais de 20 dias???? Me ajude POR FAVOR.

Responder
Marcio Caparica

Não tem nada a ver. Se a pessoa ejaculou dentro de você, a infecção pode ocorrer independente da quantidade de cocô. Vá fazer um teste agora e outro daqui a três meses.

Responder
Rodolfo

As chances de um soro positivo que segue à risca o seu tratamento de transmitir o vírus HIV em uma relação sexual mesmo ele tendo ejaculado dentro do seu parceiro continua sendo pequena? O psicológico abalado, a preocupação excessiva e o stress tem o poder de fazer com que o corpo sinta os sintomas do HIV de mentira??? A mente tem o poder de construir, isso?

Responder
Marcio Caparica

Se o soropositivo estiver com a carga viral indectectável, a possibilidade dele transmitir HIV é ínfima. E sim, sua cabeça pode fazer você sentir sintomas de algo que você não tem.

Responder
Rodolfo

A fase aguda do HIV pode durar mais de 25 dias? Quais são os sintomas mais comuns? Existe suor noturno nessa fase?

Responder
Marcio Caparica

Meu caro, quem tem fase aguda do HIV (ou seja, Aids) não fica em casa. Não tem duração: é a fase em que a pessoa está condenada. Felizmente, isso raramente acontece hoje em dia: a imensa maioria dos soropositivos é diagnosticada antes de chegar a esse ponto. Se você está em casa comentando aqui, provalmente só tem um caso de hipocondria aguda. Se você tem medo de ter se infectado pelo HIV, não fique tentando se diagnosticar via comentários de blog, procure um centro de saúde e faça o teste.

Responder
Rodolfo

Vc precisa se informar mais acerca do assunto HIV. Existe sim fase aguda do HIV e essa não ocorre na fase terminal da doença mas sim 30 ou 60 dias após a exposição ao vírus. . Basta jogar no Google e verá.

K

O Rodolfo e outros aqui devem estar confundindo fase aguda (full blown aids) com a soroconversão, com linfadenopatia, suores noturnos, sintomas de resfriado prolongado… aquele periodo após o contágio em que o corpo está produzindo anticorpos. Lembrar que a soroconversão nem sempre tem sintomas.

Marcio Caparica

Não. Se você tem sintomas da fase aguda é porque já contraiu o HIV há muito tempo, nunca fez o teste a é soropositivo há um bom tempo sem saber. Se você tem certeza que não é soropositivo até ter tido comportamento de risco dois dias atrás, isso provavelmente é hipocondria sua.

Responder
marcos

Fiz o teste a 7 dias atraz deu negativo… Mais tive relação com uma pessoa desconhecida depois de 2 dias tive os sintomas da faze aguda…porem do fazendo pep.

Responder
Felipe

Recebi sexo oral do meu parceiro e a boca dele sangrou mas logo ele lavou e escovou os dentes e usou enxaguante bucal e voltamos a atividade e rolou beijo . No dia seguinte ele me contou que era HIV positivo e eu fiz o exame e deu negativo agora eu estou fazendo uso da PEP que acaba hoje. Ele disse ser indetectavél. Eu corro o risco de pegar HIV ?? Eu não lembro de ter sangue no meu penis e eu tomei o medicamento todos os dias.

Responder
Marcio Caparica

Não corre risco, primeiro porque ele é indetectável, segundo porque o risco de você pegar HIV de alguém te chupando, mesmo com a boca sangrando, é desprezível. Ainda mais que você fez PEP depois.

Responder
Felipe

Pessoal fiz o pep durante os 28 dias e depois de uma semana fiz novamente, e o exame e deu não reagente! Estou feliz. Sei que tenho que fazer o exame novamente mas eu estou confiante que já deu tudo certo. Boa sorte e fé a todos q estão na mesma situação que eu! Abraços

Responder
Alexandre

Boa tarde, tive uma relacao anal em que eu fui passivo, e o caro quando me penetrou no anus eu tirei logo, existe possibilidade de transmissão de hiv só numa unica bombada?

Responder
Felipe

Gostaria de saber sobre as chances de contrair HIV com uma breve penetração no ânus sem camisinha e com a “babinha” do ativo presente. Pois aconteceu isso comigo, o ativo colocou em mim o pênis por poucos segundos, tirei e mandei ele colocar camisinha, transamos com camisinha que permaneceu intacta até o final. Sangrei um pouco durante o ato em que estava com camisinha. E depois do sexo descobri que ele é HIV positivo.
Estou tomando a PEP (comecei 6 horas após a exposição).
Por favor, estou ansioso esperando uma resposta. Estou desesperado.
Obrigado

Responder
Marcio Caparica

Qualquer chance que existisse de você contrair HIV vai ser anulada pela PEP. Siga o tratamento até o final, tome o coquetel todos os dias que lhe foram recomendados, e você tem quase 100% de continuar soronegativo. Boa sorte!

Responder
Felipe

Mesmo?
E no caso, li ali em cima que a baba do pênis não transmite HIV por possuir uma pequena quantidade de vírus… Posso ficar tranquilo então?
Mesmo a baba em contato com o ânus? (que por sinal, sangrou um pouco).
Em todo caso, vou tomar sim a PEP até o fim! Mesmo com os efeitos adversos terríveis…

Responder
Júnior

É póssivel pegar o vírus HIV cheirando cocaína com um soropositivo? Mesmo usando canudos individuais pra cheirar? E se cair saliva do soropositivo na cocaína?

Responder
Claudio

Bom dia Marcio, lendo uma materia sobre Dst/hiv e prevençao, vi que nao ha indicaçao de pep no sexo oral sem ejaculaçao, fiquei confuso a respeito porque na baba do pau ha uma quantidade de virus (menor) sendo assim porque nao seria indicado ja que esta secreçao contem virus? gostaria de contar com sua opiniao a respeito.
obrigado

Responder
Marcio Caparica

Claudio, se não houver feridas abertas (e sangrando) na boca, o risco de se pegar HIV com a baba do pau é insignificante. Acredito que ninguém queira fazer boquete em quem quer que for com sangue escorrendo pela boca. Não pode-se dizer que não há risco (há casos registrados de gente que pegou HIV com sexo oral via pequenas lesões na boca), mas não é caso para PEP.

Responder
Matheus

No dia 21/10 tive uma relação desprotegida (anal sem camisinha), onde fui ativo. 5 dias depois tive vários sintomas, como dor de barriga, falta de apetite, enjoo etc. No dia 16/11 tomei uma vacina contra Hepatite B que me foi receitado. No dia 23/11, 33 dias após a relação fiz meu exame anti HIV 1 e 2, num laboratório e o exame foi de 4ª geração, o resultado deu negativo. Minha pergunta é: a vacina que eu tomei contra Hepatite B pode ter retardado o exame e ter feito dar um resultado falso?

Responder
Rodrigo

Tive relacao hetero e ativo com 05 mulheres nos ultimos 05 meses, e apos o contato de risto. Senti todo mes, de agosto a dezembro, sempre frebre, dor de cabeca, fraqueza e muito sono! o que me acalmou foi o catarro ( que nao e sintoma) mas praticamente de mes a mes tenho sentido os sintomas. em todas as vezes o sexo foi com pentracao ativa na vagina, mas em uma das vezes meu penis estava com ferimento. A duvida, os sintomas, sao sentidos uma vez na fase aguda, ou em meses seguidos:

Responder
Henrique

Bom dia , ja tentei e não me adaptei a usar camisinha no sexo oral , todos os médicos dizem ser altamente infeccioso , principalmente se o soropositivo tiver outra dst como sífilis , e no final vários sites renomados dizem que o risco é extremamente baixo . No final fico preocupado e perdido com tanta informação , tenho amigos mais velhos que nunca usaram camisinha para oral e não que eu saiba contraíram HIV , apenas doença mais simples como gonorréia , e não engulo esperma e sempre cuspo e babo bastante para evitar a baba do pau ficar na boca , evito pênis em condições duvidosas , como feridas. Será que com tanto cuidados posso cair de boca num pau sossegado ?

Responder
Henrique

Obrigado pela sinceridade porque quando falo que acontece algo com sexo oral todos os médicos dizem ser muito difícil um contágio fora sangramentos na boca , mas garganta irritada sem inflamação pode ser uma possível passagem por HIV ? E enxagante bocal como Listerine antes e pós oral ? Obrigado pela sinceridade na resposta só fiquei pouco dúvida na parte do razoável mas o HIV e algo delicado. Grato novamente.

Responder
Henrique

Qual situação seria mais possível uma transmissão de HIV pelo sexo oral ? Dizem que babar bastante no pau do cara evita contaminação pela baba peniana e ficar babando e cuspindo também diminui as chances ? Novamente Grato. Por sempre tirar minhas dúvidas.

James Cimino

Henrique, o risco de contrair pelo sexo oral é engolir esperma contaminado. Fora isso, se não tiver sangramento e infecção, tá tudo bem…

Henrique

Bom dia obrigados james, por tira minha dúvida pois eu tinha muito medo por causa da baba do pau e sas irritações de garganta que eu tenho por ser alérgico , mas normalmente so coça mas não tem catarro nem sangue, só o desconforto ! Queria o ponto de vista do Márcio Caparica também se ele pensa o mesmo !

Henrique

Oi Marcio eu vi o post do claudio e fiquei com uma dúvida só lesões com sangramentos ? Ou afitas também ? E os casos registrado de contagiu por hiv via oral foram com ejaculação na boca ou apenas o sexo oral ? Cuspir enquanto chupa e babar bastante no pau ajudam a diminuir as chances pegar hiv , falei com os médicos diferentes para ter mais de um ponto de vista e nenhum me deu uma resposta certa sobre o risco com sexo oral ? E chupar garotos de programa ou ser chupado por eles aenta muito as chances comparado com uma pessoa normal? E mais uma vez obrigado

Marcio Caparica

Não importa a profissão da pessoa, importa se ela contraiu HIV ou não. O risco de sexo oral é muito baixo. Não sei lhe dizer o efeito de aftas. Essa história de ficar babando é bobagem, não acredito que diminua ou aumente o (já muito baixo) risco de contrair HIV com sexo oral. Mas confirme com um médico.

Henrique

Antes de tudo um feliz 2016 Marcio , os médicos não confirmam nada apenas falam que o certo é usar sempre camisinha mesmo que as chances berem 1% mas gosto de sentir o gosto se uma cabeça se pau e lamber um cu lumpinho e a camisinha não possibilita isso e pra chumpa um cu sem caminha chupo um pau também , e adoro sex club e saunas então o risco sempre vai existir e mesmo se tiver um relacionamento fixo vai ser aberto sexualmente , então vou evitando porra dos outros lamber so a minha rsrs e sempre usar camisinha na penetração. Abraços até o próximo post.

Thomas

Dr. Eu fiz um sexo oral em uma mulher desconhecida, nao tinha feridas e machucados na vagina dela e na minha boca. Tem algum risco?

Henrique

Bom dia Márcio , continuo fazendo sexo oral sem camisinha mas gostaria de saber se tem mais informações sobre a distribuição do prep porque , era anunciado que o SUS distribuiria mas nada foi feito só se fala do Zika e não mais do HIV , se fala até de outros estudos com adolescentes , mas nada referente a distribuição para adultos , pois os testes mostraram efetividade com adultos , me sinto frustrado porque muito se fala da distribuição dele no começo de 2016 , mas não tem nada sendo feito para viabilizar isso como um pré cadastro ou informações sobre distribuição nos sites do governo , países que nem ofereciam essa possibilidade ja estão botando em prática como o caso da França e a disponibilidade e o valor não acompanham a realidade brasileira. Isso causa um sentimento maior de impotência e descaso. Grato Márcio.

Henrique

Bom dia Marcio , ja conversei com dpis médicos e partem peçam o mesmo que não a certeza do risco que o certo é usar ai ja falei que podia ter sido contaminado pois fazia oral sem preservativo, apenas usava para penetração como ativo e disseram que dificilmente poderia ter sido contaminado ai acabei sentido uma discordância da resposta , os estudos dizem que o risco chega a ser quase zero para o oral , mas estudo tentam ver doença como sifilis podem transmitir junto hiv , será que é possível ? Mas mesmo assim continuo chupando gostoso um pau e um cu direto e pra comer na hora já ponho a camisinha ? Vários tem esse comportamento e difícil passarem de uma gonorréia? Teria uma maneira de cuidar de micro lesões pouco antes do sexo oral como usar listerine ou bicarbonato de sódio ou outro tipo de preparo pouco antes começar a fazer ? E por fim Marcio se concorda comigo que o risco é tão baixo que vale a riscar um pouco pelo prazer que se há no contato direto da boca com pau as vezes mais gostoso que a própria penetração ? Obrigado e Feliz Ano Novo !

Responder
Marcio Caparica

Oi. DSTs como a sífilis aumentam sim a possibilidade de se contrair HIV, principalmente no sexo vaginal. Não há tratamento para as microlesões antes do sexo pra evitar nada, a solução é realmente entrar no tratamento com antibióticos. Saiba mais sobre sífilis aqui: http://ladobi.uol.com.br/2015/09/sifilis-guia/ . Quanto a riscos, você deve ponderar os de cada ação sua e, depois, arcar com as consequências.

Jorge

Olá, sou dependente de drogas em tratamento e numa recaída estava fumando crack e acabei transando com um travesti de programa. Fiz sexo oral nele e fui penetrado rapidamente (1 ou 2 minutos) sem camisinha. Não houve ejaculação. De 0% a 100% qual a chance de eu ter contraído HIV ou outra DST caso ele tenha?

Responder
Cris

Após 5 meses que tive uma relação de risco senti muitos sintomas da faze aguda e fiz um teste rápido de hiv e deu negativo,posso confiar nesse teste rápido? Será que é 100% seguro? Será que preciso repetir esse teste?me tire essa dúvida.

Responder
Helton

Márcio, estou angustiado, tive relações com uma travesti de programa, foi muito rápido cerca de 4 minutos, usei preservativo porém ele se rompeu, assim que eu percebi, eu fui voando para o Hosp. de Pronto Socorro, e em aproximadamente 2 horas e meia após minha exposição eu já tinha conseguido consultar com o médico no HPS e ele não hesitou em me receitar a PEP, tomei os medicamentos no hospital mesmo e agora estou seguindo a risca os horários. Na internet só achei falando o que é a PEP, quando é recomendável e tal… Não achei nada falando direito sobre a eficácia da PEP, vc poderia me dar alguma informação nesse sentido, sobre a EFICÁCIA?
Estou muito angustiado, nunca me descuidei, porém aconteceu esse acidente com o preservativo :/. Obrigado pela sua atenção

Responder
Marcio Caparica

É muito eficiente. Nossos colegas que trabalham nos hospitais disseram que nunca viram alguém soroconverter se fez o PEP corretamente. Siga seu tratamento à risca e tudo deve acabar bem.

Responder
Helton

Obrigado. Estou seguindo à risca, muito mesmo, horário exatos, Deus te ouça, como disse, nunca me descuidei, aconteceu por acidente com o preservativo.

Grato pela atenção d vcs.

Responder
Pedro

Fiz a PEP após uma situação de risco: O preservativo rompeu, me fazendo ter me exposto por cerca de um minuto em anal insertivo. Agora espero os prazos para fazer os exames após a PEP. Ao menos até hoje no CTA de Aracaju não houve sequer um caso de falha de PEP. Confesso que estou desesperado, mas esperançoso.

Responder
Pedro

Fiz um teste rápido hoje, 18 dias após o término da PEP. Resultado: Não-reagente. Eu estou muito nervoso. Sei que tenho que fazer mais exames e isso está me deixando apavorado. Não estou aguentando mais! Penso em me matar todos os dias!

Marcio Caparica

Isso é exagero seu. Neura mesmo. Se você fez pep direitinho e, 18 dias depois, o teste deu negativo, está tudo bem. E mesmo se você se tornasse soropositivo, é chato, mas não é uma tragédia. Dá pra viver tranquilamente com HIV. Deixa de drama.

Helton

Pedro fico feliz por estar tudo bem com vc, só a pep são 28 dias, + 18 dias conforme vc disse, já deu janela suficiente, leve uma vida em paz agora.
Eu estou no início da pep ainda, está um martírio mas vou continuar até o fim, o pior é q os remédios que são quebrados no fígado aumentaram meu nível de bilirrubina no sangue ao ponto que estou com os olhos MUITO amarelados, isso está me incomodando demais, pois não há como disfarçar isso das pessoas, no trabalho já me perguntaram, em casa eu to evitando contato direto no olhar com meus familiares, até agora em casa ngm percebeu, mas acho difícil ngm perceber até o fim da PEP, não vejo a hora de fazer o exame de 30 dias…
Fico muito aliviado de ouvir o Marcio falar que os amigos dele que trabalham em hospital nunca viram alguém soroconverter se fez a PEP corretamente, e também ouvir vc falar que no CTA de recife não há sequer um caso de falha da PEP, isso é muito animador, claro a preocupação é constante, mas essa informação me deixou bem…

Helton

Só completando.
Como eu disse Pedro, viva em paz, nunca deixe de usar o preservativo, porém com essa situação que estou passando conforme vc passou, de ter que fazer a PEP, cheguei a outra conclusão:
Não dá p confiar só na camisinha, uma hora vc pode dar o azar dela se romper com a pessoa errada e aí meu amigo.. vc já sabe… nosso maior protetor são nossos hábitos, realmente o sexo está banalizado, e me sinto mal por fazer parte disto, quer viver tranquilo? Tenha um parceiro(a) fixo (e continue usando camisinha, claro) e vá curtir a vida com essa pessoa, essa foi a conclusão que cheguei.
Gente, isso que eu disse não tô falando que é a maior verdade do mundo, é apenas MINHA opinião pessoal.

Helton

Oi Pedro, desculpe, quando disse “tudo bem”, é pq já li acho que do próprio Dr. Esper Kallas que p um teste de 3º geração (ou4ª) a janela de 30 dias é conclusiva, mas essa janela contava após a exposição. Não cheguei a ler que em relação a pessoa que fez a pep a janela conta a partir do final do tratamento… Enfim, segunda tenho consulta com a médica que tá acompanhando minha PEP, tirarei essa dúvida e posto aqui.
Abraço

PS: Obrigado pela dica sobre a icterícia, tá me incomodando muito, faça ideia…
Moderadores, minha internet está ruim, já é o terceiro comentário igual que eu mando pq falhou minha net, caso chegar vários deles, não se acanhem em excluir

Pedro

Helton, como assim “estar tudo bem comigo”? Eu continuo desesperado… A janela imunológica dos testes rápidos de 3ª geração é de 21 dias… como fiz antes, obviamente pode ser (Deus me livre!) um falso negativo. Esper Kállas considera um exame 30 dias após a PEP, conclusivo. Até lá, ainda irei sofrer mais e mais. Estou muito angustiado. Eu estava tão enlouquecido enquanto fazia a PEP, que na primeira semana quase me joguei do meu apto, 13º andar… mas acabei desistindo; e por diversas vezes fiz alguns cortes em meus braços e pernas, para ver se estavam sarando, e, com isso, saber se o meu sistema imunológico estava funcionando…. Eu penso no assunto 24h por dias. Só peço que rezem por mim. Em relação à você, os olhos amarelados são efeitos colaterais da PEP (icterícia), bastando que tome água abundantemente todos os dias e isso passará. No mínimo, 2 litros e meio de água. É isso. Deus te abençoe. Obrigado por suas palavras de apoio.

Responder
Pedro

Márcio, suas palavras foram meu consolo para conseguir dormir ontem à noite. Muito obrigado! Mas, será que as chances de me infectar são altas? Fiz a PEP integralmente nos 28 dias. Em um sábado atrasei em 1 minuto e meio a ingestão dos comprimidos e quase enlouqueci. Depois, fui pesquisar e vi sobre a meia-vida da medicação no organismo e fiquei um pouco mais tranquilo… Obrigado!

Pedro

PS: O risco estimado no sexo anal insertivo é cerca de 0,06%, pouco acima do sexo oral receptivo, que é em torno de 0,04%, e que é considerado de baixo risco. Segundo um infectologista do Emílio Ribas, numa entrevista em 31 de novembro desse ano, a PEP tem eficácia superior a 99%. Li em outra matéria um infectologista indicando que após as 2 primeiras horas e até 72h após a exposição, a PEP diminui em 80% o risco de contrair HIV. Daí eu fiz os cálculos: Teoricamente, o risco de contrair HIV no caso do anal insertivo, fazendo a PEP estaria em 0,01, sendo que 0,03 é considerado extremamente baixo. Enfim…

James Cimino

Pedro, to lendo seu comentário aqui e vi que você disse que pensou em se jogar do 13º andar. Me diz uma coisa: se seu medo de ter HIV é o medo de morrer, que sentido faz você tentar se matar para acabar com esse medo? Acho que você tem que se acalmar e esperar os resultados dos exames. E outra: ter HIV não é sentença de morte há mais de 20 anos. As medicações são super eficientes e cada vez apresentam menos efeitos colaterais. Então, nada de pânico. Porque até o preconceito contra soropositivos tem diminuído. E não, suas chances de infecção são muito baixas, quase nulas, especialmente se o seu parceiro é indetectável. Dá uma busca aqui no site e pesquisa os textos que temos sobre o assunto. Não estamos mais no anos 1980 (ainda bem) quando aids matava. E se cortar para ver se cicatriza? Sério? Quem te disse que a pessoa para de cicatrizar quando tem HIV?

Pedro

James, como disse, estava enlouquecido: Imaginei que se estivesse em processo de soroconversão, teoricamente a carga viral seria alta e o meu sistema imunológico estaria debilitado. Com isso, as feridas sarariam lentamente… entendeu? Enfim… A angústia antes dos exames é tão GRANDE que às vezes imagino que seria melhor estar morto do que sofrendo tanto.

James Cimino

Pedro, respira, não é o fim do mundo. Se fosse nos anos 1980, eu te daria razão. Hoje eu te digo: se acalma. Vai dar tudo certo. Vai pra boate com as amigas. Vai no cinema ou conversa com algum amigo de confiança. Não fica carregando isso sozinho só porque tá com vergonha. Pode acontecer e acontece isso com todo mundo uma vez na vida. 🙂

Pedro

Helton, por favor, perdoe minha grosseria. Sabe como é… O próprio Dr Esper diz que no caso da pep a Janela de trinta dias é conclusiva, contada a partir do final da medicação. Obg!

Pedro

Fiz um teste rápido hoje, 22 dias após o término da pep. Resultado: Não reagente. Por favor, rezem por mim.

Helton

Que bom Pedro, fica tranquilo em 8 dias vc não vai soroconverter, se fosse assim, no mínimo seu exame já estaria acusando “indeterminado”, pode ficar tranquilo, sério mesmo.
Veja este vídeo sobre a PEP, o melhor que encontrei, da Valdileia Veloso, pesquisadora da Fiocruz, o Dr. Esper Kallas também estava nesse evento, porém o tema dele era outro.

Pedro

Prezados, fiz um teste rápido hoje, 28 dias após o término da pep. Resultado: não reagente. Estou um pouco mais confiante! Obrigado à todos vcs. Abraço.

Pedro

Continuando: Fiz um teste rápido ontem, 43 dias após o término da PEP. Resultado: Não reagente. Ainda farei mais exames, mas estou tranquilo. Obrigado! Deus os abençoe.

Helton

Que bom Pedro! Conclui no último sábado a PEP, sem falhar nenhum dia, ontem fui no CTA fiz a coleta de sangue, a médica optou pelo exame convencional visto que ela queria hemograma p avaliar tb se houve alguma alteração devido aos medicamentos, demora uns 6 dias para ficar pronto, assim que eu tiver o resultado eu posto aqui.

Pedro

Helton, estou torcendo por vc! Sabemos que a PEP é muitíssima eficaz. O Ministério da Saúde convencionou, no que diz respeito à PEP, uma janela imunológica de 90 dias após a EXPOSIÇÃO DE RISCO (60 dias após o término da PEP) como definitiva, seguindo uma ideia de que seria melhor “prevenir do que remediar”, para SE PRECAVER dos raríssimos casos de soroconversão tardia (menos de 0,1% casos registrados, segundo Esper Kállas). Mas segundo o próprio Kállas e outros infectologistas, já com 30 dias após a PEP, qualquer resultado seria definitivo. No meu caso, estou confiante. Em 05/02 farei meu ÚLTIMO EXAME, para cumprir o protocolo do MS. Se Deus quiser, tudo dará certo! Obg! Força aí!

Helton

Pois bem, acredito que o registro dessa conversa aqui ajudará com informação várias pessoas devido ao seu caráter real, fui hoje no CTA ver o resultado do exame e boa, não reagente graças a Deus que também proporcionou a inteligência dos homens em criar e desenvolver a farmácia e a medicina.
Putz, que tensão na hora, e o pior quando entrei na sala a psicóloga não foi logo já falando que era “não reagente”, ela fez maior suspense, ficou um tempão lendo meu exame, e ainda perguntou enquanto lia “vc está com receio do HIV?”, eu “pqp ferrou.. é agora… senhora, ql o resultado… pode falar”, ela demorou um cadim ainda e falou “tá tudo certo, não reagente…” caramba! Quase morri com esse suspense! Fiquei até bambo, ainda falei p ela:
“Nossa, quase morri agora, vc demorou a falar”
Ela: “É que eu estava lendo todos os exames primeiro pra ter certeza”
ahhh vá rsrs
Por fim ela disse, vc vai voltar aqui ainda só pra fazer o último exame pra cumprir o protocolo do MS e pq é o exame de certeza absoluta, porém vc já pode ficar despreocupado, vc fez um exame de quarta geração e é muito difícil após essa janela que vc fez o exame convencional(e de 4ª geração) alguém soroconverter.

Pedro

Helton, que alívio hein? Qndo eu fizer o último exame, tbm postarei aqui. Não se esqueça de nós. Abraço!

Pedro

Prezados, fiz um teste rápido hoje, exatamente 80 dias após o término da PEP. Resultado: Não reagente. Estou mais tranquilo. Mande noticias, Helton! Abraço.

Helton

Para fechar, peguei ontem o resultado do meu último exame, tudo ok na parte sorológica, com uma pequena ressalva que me deixou um pouco chateado, meu nível de bilirubina não voltou ao normal, não é algo gritante mas terei que fazer uma investigação no fígado (exames), quero ressalta que especialmente durante o tratamento me alimentei muito bem, muitas frutas todos os dias pela manhã, cessei o consumo de álcool durante o tratamento e até 2 semanas depois, e mesmo assim meu consumo é muito baixo, em média 1 vez a cada 2 semanas, não sou de encher a cara, durante o tratamento também tinha cortado frituras.
Inclusive se alguém souber algo a respeito peço gentilmente que comente, no mais graças a Deus e um pouco de sorte está tudo ok na sorologia.

Felipe

Ah alguns meses uma garota fez sexo oral em mim, tudo bem até hoje que fiquei sabendo que ela era portadora do HIV, será que fui contaminado ?

Responder
Orlando

Olá meu amigo, muito esclarecedor seu artigo….se possível poderia me tirar uma duvida?

Fiz o exame tem 15 dias e estou zerado, porém na semana passada durante as preliminares passei rapidamente algumas vezes a cabeça do meu pênis nos lábios vaginais de uma menina que estou conhecendo, sem penetrar ela, mas estávamos os dois melados, logo apos usei preservativo e tivemos uma relação com penetração normal e sem nenhum problema técnico com a camisinha e tal. Os riscos são altos de eu contrair HIV? ou é mais neura.

Obrigado pela ajuda

Responder
Evaristo

Boas,

Vi num site que a probabilidade de um homem contrair HIV de uma mulher com HIV é de 1% isso é verdade??

Responder
Marcio Caparica

A probabilidade do homem contrair HIV no sexo penetrativo vaginal é menor que no anal, e menor que quando se é penetrado, seja homem ou mulher. Isso não quer dizer que deva-se descartar o uso de preservativo. Seja qual for a probabilidade, não quer dizer que você pode transar 99 vezes e usar camisinha apenas na centésima transa. A cada transa sem proteção você está “jogando na loteria”. Se for sorteado, ganha uma DST. Seu número pode cair na primeira transa, na vigésima ou na centésima, não tem como saber. Use preservativo sempre, pra não entrar nessa loteria.

Responder
Evaristo

Concordo absolutamente, acrescento ainda que não é apenas HIV que se pode contrair numa relação, existem 1001 doenças que transmitem sexualmente, apenas queria esclarecer esta percentagem que se fala, nunca entendi muito bem

Responder
Marcio Caparica

Se nenhum dos dois é soropositivo a chance dos dois transmitirem o vírus entre si é zero. HIV não surge do nada. Mas não convém confiar, as chances de alguém ter contraído o vírus sem saber disso ainda é grande.

Responder
Cris

Fiz e recebi sexo oral , porém senti na boca o líquido pré ejaculatorio, e 4 meses depois tive diarréia, vômitos, falta de apetite, perdi 3 quilos,tive suor frio,dor de garganta e língua branca,senti quase todos os sintomas da fase aguda, será que contrai hiv? Estou desesperada.

Responder
Alice

Descobri que tenho HPV, fase inicial. Meu medico quando viu o exame de colposcopia, iniciou o tratamento, porem nao me pediu exame de HVI. Agora estou com medo de alem do HPV, estar com HIV. Uma pessoa pode contrair somente HPV e nao ter pego HIV?

Responder
Dani

Meu amigo tem uma namorada ser positiva e ele dis que ela fas sempre sexo oral a ele sera que não corre o risco de ele ser contaminado?por favor quero um exclarecimento

Responder
walter

por favor Dr . me tire esta duvida que me atormenta .

uma garota de programa fez sexo oral no meu penis por alguns segundos , cuspiu nele , e depois ela colocou a camisinha , gozei dentro da camisinha , tive situação de risco ???

Responder
Marcio Caparica

Não sou doutor, não sou médico. Mas não, você não esteve em situação de risco, se foi apenas isso que aconteceu. Mas se vai ficar nessa neurose porque uma prostituta fez sexo oral em você, recomendo que pare de usar prostitutas.

Responder
Jurema

Oi bom dia, tive uma relação desprotegida um pouco mais de um ano, e acho q a pessoa e soro positiva fiz um exame com 6 meses depois da exposição e desde então tenho feito praticamente todo mês o último q eu fiz estava com 1 ano e 3 meses depois da exposição e todos tem dado negativo mesmo assim não tiro da cabeça q posso estar com o virus, com esses resultados posso ficar desproucupada?

Responder
Dany Lively

Eu queria saber se no sexo entre mulheres (colando velcro) a chance de se pegar HIV só é grande se a secreção dela estiver em abundância e se entrar em contato com minha vagina mediante feridas internas. Ou é mais difícil contrair nesse tipo de contato em qualquer circunstância?

Responder
Sergio

Boa noite, fiz sexo com um soropositivo, na hora de colocar a camisinha no meu penis, ele colocou pra mim, só que ele estava com a mão melada da porra dele, e ele encostou na cabeça do meu penis, e continuamos a transa de camisinha, corro risco? E isso tem 24h, onde e como tomar aquele coquetel por precaução, ou não é necessário?

Responder
Marcio Caparica

O vírus não sobrevive ao ar livre por mais que poucos segundos, então a probabilidade de você se infectar dessa forma é ínfima. De qualquer maneira, você pode procurar o medicamento em postos de saúde.

Responder
Jaelson

Marcio tive uma relação anal mais quando estava entrando a camisinha estourou e na mesma hora eu tirei e corri pro banheiro pra se lava e em seguida essa pessoa disse que era soro positivo eu corro o risco só que babá do pênis isso pode passa o vírus ?

Responder
João Henrique

Olá Boa Noite, Gostaria de Tirar uma Dúvida..??? Tive uma Relação com uma Mulher de Programa, no ato da ejaculação a camisinha estourou, apesar de ter sentido na Hora e Tirei Rapidamente. Caso ela estiver com o Vírus …. Eu pego ..???

Responder
Danilo

Eu estava curtindo com um cara, e quando ele gozou o sêmen caiu em cima do meu penis, dessa forma corre-se o risco de se contrair HIV?

Responder
Roger

Suponhamos que eu tenha passado por 10 exposições de risco, os médicos pedem para observar o último dia de exposição, pq o médico pede isso? Se eu estive sido infectado logo na primeira o exame não iria acusar por causa das outras exposições seguintes?

Responder
Marcio

Olá

Uma gripe com espirros muco e dor de garganta 3 dias após a exposição de um risco pode ser sintoma do virus? embora o exame seja determinante, ele agiria tão rapido assim no oganismo?

Responder
carlos

quero saber qual exame o medico pode passar para mim se eu tive um caso de relação com um soro-positivo? sõa os mesmo procedimento para uma pessoa com medo de estar com hiv? porque tive uma relação com uma menina que é duvidoso depois da relação perguntei pra ela se ela tinha ela sempre falo que não mais um não muito duvidoso ai falei pra ela que eu tinha hiv pra jogar um verde e ela não teve nem uma reação fico tranquila obs:ate nesse ponto falei com ela por mensagem mais como ela nao teve reação ai liguei pra ela e ela fico tranguila fui ao medico mais não falei isso sera se eu tivesse falado ele poderia me dizer que tenho que fazer exames mais detalhados já fiz muitos exames de hiv mais todos deram negativo oque devo fazer eu sinto muitos sintomas de hiv dor no corpo ancia de vomito dor de cabeça depois depos que tive uma gripe nunca mais fiquei normal.

Responder
Edilson Pereira

Si uma mulher fez uma relação sexual com um cara que tem vírus da AIDS si outro pessoa pega essa garota do dia seguinte essa pessoa está com vírus?

Responder
Macos

Boa tarde
Qeria tira uma duvida espuma na urina dor nos rins e nas costas mas quando faco esfoco fisico (a dor nas costas ) pode ser sintomas de hiv .depois de um ano e tres meses de uma situacao de risco ?

Responder
Andressa

Boa noite.

Tenho uma dúvida: Sou mulher e eu e meu namorado iremos fazer sexo a 3 com uma garota de programa. Usaremos camisinha (Obviamente), mas minha maior dúvida é em relação ao sexo oral nela, quais as chances de mim ou do meu namorado contrairmos se fizermos nela? São grandes ou não?

Muito obrigada.

Responder
Marcio Caparica

Boa noite! A chance de pegar HIV fazendo sexo oral numa mulher é muito pequena, quase insignificante. Quando a questão é penetração a coisa é diferente, mas você já disse que vão usar preservativo. Aproveitem a transa a três!

Responder
Andressa

Ah, que ótimo, era a única dúvida que eu estava tendo em relação a esse assunto. E sobre penetração, definitivamente usaremos camisinha. Hahahaha

Aproveitaremos sim, bastante!!

Obrigada. =)

Responder
Sorodesesperado

Olá! Eu sou totalmente um sorodesesperado!!!, vivi 3 situações complicadas esse ano que me deixaram nessa tensão. Início do ano tive problema com sífilis, e depois de ouvir um médico dizer que “grande possibilidades deu ter contraído hiv e sifilis ao mesmo tempo” eu quase surtei. Fiz os exames e não tenho HIV. Depois descobri que um rapaz que apenas fez oral em mim tem hiv (dizem que é assintomático), mas ele tem o costume de beber porra dos parceiros, achei uma postura perigosa pra ele e fiquei noiado se ele tem contaminado pessoas propositadamente. E ainda num momento de lapso (e eu sei que vacilei mto) eu fiz sexo anal insertivo (ativo) com uma pessoa sem camisinha, mesmo usando mto gel e tal.Aparentemente não houve machucados, mas como ele queria que eu gozasse dentro dele (isso sem me conhecer, o cara ainda é casado!!) eu grilei mto (eu não gozei dentro, achei irresponsável em uma situação que por si só já era irresponsável), isso foi a 13 dias atrás. A partir disso tudo me sinto MUITO INSEGURO no ato da transa, mesmo tendo decidido que jamais irei me descuidar mais. Tenho muito medo de transar com pessoas que não conhecem sua sorologia ou a minoria de soropositivos que na revolta contaminam pessoas (óbvio que a responsabilidade dos cuidados tem que partir de mim). Atualmente tô esperando dar a janela de 22 dias pra fazer o exame ELISA 4ª Geração + P24 (eu li que a janela é essa, me confirma?). Mas preciso saber lidar melhor com esse medo, pra não afetar minha vida sexual de maneira ruim e mesmo eu não ser preconceituoso/constranger possíveis soropositivos que tratam certinho da saúde e que possam aparecer na minha vida e eu me relacionar afetivamente. Desculpa o textão ou alguma palavra mal falada, é que estou muito agoniado!!! Por favor me dê uma palavra, um puxão de orelha, algo, só consegui desabafar isso aqui no site Ps: Tô aprendendo a desmistificar muita coisa a partir do podcast do site ^^

Responder
fabio santos

Por favor preciso saber se uma pessoa soropositivo fazer sexo com outra soro negativo e apois uma semana esse soro negativo manter relações sem camisinha com outro soro negativo. qual a chance desse segundo soro negativo contrair o viros hiv?

Responder
fabio santos

Fiquei com um cara sem camisinha e com uma mês depois ele me falou que tinha hiv desdai vi me sentoando mal com muita dor no peito, corpo todo quente demais, dor no meu braço esquerdo e uma queimação no ombro e no pescoço como se eu tivesse pegado muito sol, isso pode ser um sitomais de que eu esteja com o viros ou pode der sido o choque por ter recebido a notícia pq só comecei a sentir isso quando ele me falou que era soro positivo que eu me desesperi aí na hora começou a apetecer esses sintomas

Responder
Girao

Eu beijei uma seropositiva num dia que eu eu tive um oequeno ferimento na língua. O meu medo é se ela tinha um ferimento na boca. Pois apartir daquela data passei a ter sintomas como gripe e insuficiência respiratória prolongada, tive aftas na boca que se espalhou e dias depois passou noutras partes mas na parte que havia o ferimento mantém. Dotes musculares, confusão na barriga, a cabeça pesa as veses e tenho tido dores musculares, algumas manchas no corpo e muita comichão, insónias as vezes. Fiz testes rápidos passados 60 dias e deu negativo. Posso confiar neste teste feito nesse período mesmo sem saber dizer de que geração é o teste? Eu falo de Angola. Obrigado

Responder
Humb

Eu fiz sexo anal com meu meu parceiro a 3 anos atrás sem proteção e fui passivo, desses 3 anos meus testes de sangue e minha saúde tem sido perfeita sem nenhum síntoma do vírus, nao tive a oporotunidade de fazer o teste pois eu era muito novo hoje tenho 18 anos tenho pensado muito nisso, foi a ,primeira e unica vez que fiz sem ,proteção ,pois ele disse que nao tinha nada, e tinhamos a mesma idade, devo me ,procupar com isso ou é tudo nóia?

Responder
Jairo Marques

Boa tarde. Belíssimo site. Procuro uma orientação, por gentileza. Na semana passada masturbei um rapaz (amigo meu há 5 anos) e ele ejaculou na minha mão. Fui até o banheiro lavar a mão e por um segundo de descuido cocei a boca com a mão onde estava um pouco de sêmen (não era grande quantidade). Cheguei a sentir o gostinho meio salgado na ponta da língua e imediatamente lavei a boca. Caso ele seja HIV+ corri algum risco nessa situação? Grato.

Responder
Marcio Caparica

Não, não houve contato do sêmen com o sangue. E também pela quantidade de tempo que deve ter passado entre ele gozar e você provar o sêmen do seu amigo, foi tempo o suficiente para o vírus morrer – ele não sobrevive ao ar livre.

Responder
Maisa

Gente pq meu comentario foi apagado sem nenhuma resposta.. Plr favor me ajudem eu estou desesperada, nao faco mais nada direiro, estou me afastando das pessoas, pensando em me matar… Me respondam por favor!!! Vou explicar de novo…
Ha 4 anos atras tive um relacionamento de 4 meses e apos apresentei um quadro com diarreia, dor de garganta e manchas no corpo (eram ovais, um pouco maia de 1 cm, na barriga umas 2, umas 2 no peito uma no pescoco e umas 2 nas costas). Tbm tive HPV o qual tratei normalmente. N dei bola pois n sabia da fase aguda agora estou desesperada. Fiz dois testes rapidos nos postoa de saude mes passado (biomanguinhos e bioeasy) e nem foi me recomendado fazer qualquer outro mais especifico pq falaram q esses testes sao mto confiaveis com esse tempo. Por favoe existem casos em q deu negativo sendo positivo passado a janela???? E por favor me esclareçam como sao esses rash!!! Me ajudem

Responder
James Cimino

Escuta, mas por que pensando em se matar? Ter HIV não é motivo pra se matar. E se você fez dois testes e deu negativo, entnao não tem nada. Acho que você devia procurar uma terapia para se acalmar e, depois, fazer mais um teste, só pra ter certeza. Fica fria. E para com papo de se matar. 🙂

Responder
Maisa

Nao sei, eh mto dificil pra mim, estou me recriminando muito soh de pensar nisso, ta mto dificil pra mim… Parece que tudo conspira contra, nao sei explicar oq esta acontecendo!!! E quanto aos esclarecimentos mais especificos ngm pode me ajudar?????

Responder
James Cimino

Maisa, quem pode te ajudar são os médicos. Mas você já procurou e se testou e deu negativo. Não sei mais como te ajudar. Acho que você devia relaxar. Ou testa de novo.

Responder
Nilo

Uma garota fez sexo oral em mim e não usei preservativo, ejaculei na
Boca dela e por fim fiquei na dúvida, Se ela estiver com aids, tenho chance de pegar ?

Responder
lissa

Eu furei meu piercing de smile com a agulha da minha amiga depois de alguns dias de uso dela, e eu não sei se ela tem HIV ou não, mais eu to na paranóia achando que to com o vírus.
Qual a possibilidade de está realmente com o vírus ?

Responder
James Cimino

Lissa, primeira coisa: não se compartilha agulha e seringa usada. Piercing se coloca em lugar especializado, onde eles esterilizam tudo. Segundo: vai fazer o teste. E pede orientação médica.

Responder
Marcio Caparica

Se a agulha só foi “compartilhada” para furar a orelha dias depois, não há chance de transmissão, o vírus não sobrevive tanto tempo. Mas é bom você consultar um médico pra ver se não pegou tétano. Aproveita e faz um exame de HIV, sempre é bom; você pode não ter pegado da agulha, mas pode ter pegado em alguma transa sem proteção.

Responder
Carlos leandro

Olá, vou resumir minha história bem breve.
Tive uma relação com uma garota de sorologia desconhecida, estava usando camisinha, a camisinha tava na data, não tava furada e nem rompeu, não tava com a boca ferida e só ouviu penetração vaginal. Depois de 1 mês comecei a fica neurado pensando demais nisso, então procurei os sintomas, e não tive nem um, então pra acabar com as dúvidas fiz um teste elisa de terceira geração com uma janela 63 dias após isso e deu negativo.
Existe chance de eu ter e o teste der errado? Isso ja é problema psicológico de ficar sempre buscando chances? Ou posso confiar nos fatos e saber que não tenho?

Responder
James Cimino

Acho que, pelo que você escreveu, é noia pura amigo. hahahah. Mas faz o teste de novo só pra ver. E para de noiar! 🙂

Responder
joao

Olá

Recebi sexo oral sem preservativo. Algum risco real? (fui chupado no pênis e linguado no anus).

Pratiquei uma masturbação também. O meu parceiro esfregou o pênis sem preservativo com baba no perineo, roçando abaixo do ânus em direção ao saco (também sem preservativo) Não houve penetração. Pode haver algum risco real também? Obrigado

Responder
Eduardo

obrigado peço desculpa!! estou com muita ódio de mim mesmo por tudo. Que Deus possa te abençoar muito viu. E que ele possa olhar por mim uma unica vez é o que eu peço, que ela não tenha HIV. Obrigado!!!

Responder
Marcio Caparica

Tem chance de uma garota de programa não ter HIV? Tem, claro. Não tem muito o que a gente pode fazer por você. Você precisa ir num médico e esclarecer todas as suas dúvidas. Você precisa fazer novamente o exame de HIV em mais dois meses para ter certeza que não pegou HIV.

Responder
Eduardo

Eu liguei p menina ela disse que não tinha nenhuma doença mais não tem como saber né? ela se zangou comigo e disse ser doadora de sangue que faz a cada 6 meses. Será que tem uma boa possibilidade de ela não ter HIV também amigo?

Responder
Eduardo

Liguei p menina e perguntei se tinha alguma doença HIV e tal ela disse que não e ficou zangada dizendo que doava sangue de 6 em 6 meses mais isso não quer dizer nada né? Será que tem alguma chance de uma garota de programa não ser portadora de HIV?

Responder
Eduardo

Eu liguei p ela e perguntei se ela era soro positiva e tudo ela disse que não e se zangou comigo mais não tem como confiar mesmo até porque ela diz que faz doação de sangue segundo ela de 6 em 6 meses então ela pode ter contraído alguma coisa depois. né?

Responder
Eduardo

Eu fui logo de inicio com 2 dias ele mandou ir em um centro só que já tinha encerrado o atendimento mas ele nao falou que podia tomar um medicamento poxa vida. Já fiz o exame aquele pelo sus mesmo tem mais de 30 dias já posso confiar no teste ainda não saiu o resultado ? e a tosse que não passa parece uma tuberculose ja sai de lá do dia da exposição assim e as feridinhas na lingua o que devo fazer posso procurar um clinico geral? ele vai saber o que fazer? Poxa já passei por tantas tanta coisa e tenho muita fé minha família é cristã e fiz uma burrada dessa não consigo me perdoar e acho que ninguém vai !!!!

Responder
Eduardo

e sem falar que logo dps tive uma diarreia tosse e outros sintomas desculpa a pontuação que não coloquei estou muito desesperado

Responder
Eduardo

olá meu nome é Eduardo estou muito desesperado tem um mês que sair com uma garota de programa. beijei na boca e fiz sexo oral nela por 3 seg sem camisinha e caiu a ficha da burrada não sabia direito do pep e estou achando que estou com hiv pensei em até me matar meus pais não sabem nunca me deram uma educação dessa nunca tinha feito nada antes está sendo um pior pesadelo da minha vida pois tinha uma gengivite e olhei que o riso é maior fiz um teste dps de 28 dias mas estou com medo nao condigo dormir. direito só penso nisso 24 hrs por dia. Sem falar que apareceu umas coisas na minha língua uns carocinhos parecendo verruguinhas e tinha uma camada branca que nao saia comprei um remédio que olhei na internet o sintomas da coisa esbranquiçada saiu porém as outras ainda continuam por favor me ajudem não sei mais o que fazer não consigo falar com mais ninguém nem com meus pais.

Responder
James Cimino

Calma, Eduardo, nada de se matar. Mesmo pq, caso você tenha pego algo, é tudo tratável. Ninguém mais morre de Aids, só se não se tratar ou se se matar. O que você tem que fazer imediatamente é ir a um médico. Procure um centro de tratamente de HIV e conte tudo o que aconteceu. Se você tem algum amigo ou amiga de confiança e não quiser contar para seus pais, chame ele ou ela pra ir contigo. Eles vão te orientar e vai dar tudo certo. Depois conta como foi.

Responder
Iago

Olá, uma provável prostituta ( posteriormente possível portadora de HIV) fez sexo horal em mim e eu tbm tentei penetra-la analmente, a penetração foi bem rápida e superficial, quando a bebedeira passou vi o tamanho da burrada que havia feito, no dia seguinte percebi um pequeno corte próximo a cabeça do pênis (sem sangramento) e poucas horas pós o ato eu havia lavado meu pênis com água corrente e sabão e não havia nenhum corte ou sangramento. Fiquei muito preocupado, procurei um hospital imediatamente para tomar o coquetel pós exposição, iniciei o tratamento exatamente 35 horas após a possível exposição ao vírus. Você acha que as minhas chances de infecção são consideráveis? Obs: To muito preocupado e com medo.

Responder
Marcio Caparica

Oi Iago. Você fez a coisa certa ao começar a tomar o coquetel 35 horas após a exposição. Se você tomar os remédios direitinho, todos os dias que pediram para você tomar, as chances de você se infectar são muitíssimo baixas. Tome a medicação e fique tranquilo.

Responder
Marcos

Olá eu mi depilei com gilete e fez alguns pequenos cortes no saco i na virilha se eu fizer sexo com camisinha com uma soropositiva eu corro risco de pegar hiv?

Responder
Marcio Caparica

Não, você precisaria estar sangrando durante a transa, e esfregar seu saco sangrando em algum corte aberto e sangrando no seu parceiro, para se contaminar. Acho que isso não seria agradável para nenhum dos envolvidos.

Responder
marcos

ok muito obrigado pela informaçao realmente foi pequenos cortes quase inperseptiveis estou aliviado obrigado

Responder
Luca

Eu fiz uma tentativa de penetração,ele apenas encachou a cabeça do pênis e dps tirou…Ele n tem hiv nem nd do tipo…Até pq é gordinho…Mais me diga as chances disso contraria,pq eu to muito preocupado mano!!!

Responder
James Cimino

Depende da carga viral dele. Vc só vai saber se fizer o teste, Procure ajuda médica imediatamente. 🙂

Responder
Lucas

Meu namorado é soropositivo indetectável há mais de 3 anos e eu soronegativo. Estamos há 9 meses juntos, usando camisinha, tanto no oral quanto no anal. Nessa última vez, resolvemos tirar a camisinha do oral, mas fiquei preocupado. Será que agi certo? Ele não gozou na minha boca, mas fico pensando se foi correto mesmo ele sendo indetectável há tanto tempo. Corro risco assim?

Responder
Marcio Caparica

Oi Lucas. Olha, na medicina nunca pode-se dizer “100%” de nada. Mas, estando seu namorado indetectável, sendo sexo oral e ele não gozando na sua boca, o risco de qualquer infecção é muito, muito, muito baixo, praticamente inexistente. Eu não ficaria preocupado se fosse você.

Responder
JAIRO DIAS JÚNIOR

MESMO SABENDO DA CONFIRMAÇÃO E TRATAMENTO, QUAIS OS MÉTODOS MAIS PREVENTIVOS DE URGÊNCIA E AS TENTATIVAS DE RESGATE PARA NÃO INFECÇÃO PARA O HIV, TENHO UM RELACIONAMENTO SORODISCORDANTE HOMO AFETIVO E ESTOU INDETECTÁVEL TANTO PELO CD-4 E A CARGA VIRAL, MESMO ASSIM FAÇO USO SEMPRE DO PRESERVATIVO. ESTOU CORRETO???? BOA SORTE!

Responder
Rogerio Marins

Jairo,

Você está correto. É isso. Usar camisinha sempre*.

É a carga viral que te traz a ciência sobre a quantidade de vírus no organismo. A leitura do CD4 é diferente, pois é um tipo de linfócito de defesa do organismo; é um sinalizador de como anda sua imunidade. você pode ter poucos e guerreiros ou muitos e frágeis DC4, entende?

No caso de exposição existe o tratamento SOS que se deve seguir corretamente. O tratamento SOS precisa ser rápido também: quanto menos horas após a exposição houver, menos chance de infecção.

Sobre os métodos preventivos, o da crista da onda do momento é o PreP (Profilaxia pré-exposição). Você pode obter mais informações com sua infectologista e também (eu escrevi E TAMBÉM) neste site aqui, ó: http://prepbrasil.com.br/

Responder
brun

Fiquei triste em saber que não tem chances de uma cura em 50 60 anos…. acabei de descobrir que estou soropositivo acho que a última abordagem de vcs trazem desesperança para todos nós sorospositivos

Responder
Rogerio Marins

brun…

Não não… Por favor, não… Anime-se! Sei que seu momento é muito específico, então toma cuidado ao ler informações sobe HIV/AIDS. No seu momento tudo afeta. Contextualizações como as feitas neste artigo podem ter um efeito negativo? Até podem. Mas não definem nada. São dados de hoje. Ser soropositivo na atualidade não significa sentença de morte, muito pelo contrário. Viva bem e viva mais. O campo dda ciência tem alargado as estradas do conhecimento sobre as formas de transmissão e prevenção do HIV. Municie-se destas informações e siga. Só siga, meu querido. Pois nossos amigos que se contaminaram há três décadas atrás passaram um sufoco danado para mantiverem-se vivos (‘euzin’ aqui sou um deles)… Muitos outros faleceram… Celebra a vida que você tem a a oportunidade de passar pelo que está passando para crescer (veja, não estou falando para agradecer o contágio; falo para aproveitar o momento do irremediável em proveito próprio). Pensa em desesperança não viu? Muitos pensamentos condensados em uma resposta. Se quiser conversar, podemos bater um papo, ok? Abração.

Responder
Gabriel Roger

Encontrei um cara hoje é ficamos só nos beijos, ele fez oral em mim..
porém teve um momento em que ele inseriu a camisinha em um e na hora da penetração a camisinha estourou (não tenho nem noção se o pênis entrou ou não, o fato foi que vimos imediatamente e paramos),
Há risco de contaminação? Ainda que o pênis tenha entrado, foi por fração de segundos…
estou bem preocupado…

Responder
Gabriel Roger

Foi bem rápido,
ele estava por cima daí ele tentou a penetração, tentou… Dai percebeu a camisinha rompida,
nem sei se entrou (na verdade acho que nao),
mas se entrou foi por segundos… e ja foi tirado..
paramos por aí…

Responder
Gabriel Roger

Sim, sim,
Mas digamos que o pênis tenha entrado uma única vez (e pela primeira, pois paramos). Nem chegou a ter o “atrito” que uma relação sexual completa traria,
seria bem difícil uma contaminação, não?
Você acha que é válido ir a uma CTA pedir aqueles coquetéis?

Responder
Marcio Caparica

Acho. Se ainda estiver na janela de 72 horas. Se não estiver… boa sorte. Faça um teste daqui a 90 dias para ter certeza que não pegou nada!

Rogerio Marins

Oi Gabriel,

Eu concordo com o Marcio… Mas queria te dizer o seguinte… Façam ambos o teste o quanto antes. Repitam conforme a orientação médica. Os CTAs passarão todas as informações de que precisam. Acho que devem fazer o quanto antes…

Gabriel, Dependendo da idade a gente pode ter mais dificuldade de usar o preservativo para otimizar a ação da “borracha”… Meu pequeno: saliva, saliva, saliva, lubrificante, lubrificante, lubrificante… E quando não temos muita experiência ou estamos afobados tendemos a ser mais afoitos… Daí, não fazemos direito a coisa… Por exemplo, o prazer de vocês acabou no momento em que perceberam que a camisinha estourou… A propósito. sendo passivo ou ativo dá pra perceber que a camisinha arrebentou (é um ‘tac’ surdo)…

bruno

Ola fiz um teste rapido em dezembro de 2014 mas infelizmente no mes seguinte tive uma relaçao anal desprotegida um mes depois fiz um teste e deu positivo e o medico disse q ja estava com aids.Como dizem que o virus demora anos pra se manifestar,como ja psso estar com aids? E o sexo oral tem muitas chances de ser transmitido?

Responder
Rogerio Marins

Bruno,

Com AIDS você não estaria. O médico (se ele disse essas palavras pra você) pode ter se equivocado na forma de se expressar. O vírus não demora anos para se manifestar não. Depende muito de organismo para organismo, cepas virais, estado de saúde…

Fato, você soroconverteu. Agora é ser acompanhado por um infectologista… E não se expor novamente. A recontaminação é muito prejudicial ao soropositivo ao HIV, pois as cepas são diferentes e podem embaralhar a rotina do seu sistema imuno, além de fortalecer a cepa que você possui, ok?

Remédio, na minha opinião, Já! Mas é o médico que vai dizer isso pra você. Quanto mais rápido você começar o tratamento, menos chance de ter o HIV criar esconderijos (reservatórios) no seu corpo.

Responder
Lucas

Meu namorado é soropositivo indetectável há mais de 3 anos e eu soronegativo. Estamos há 9 meses juntos, usando camisinha, tanto no oral quanto no anal. Nessa última vez, resolvemos tirar a camisinha do oral, mas fiquei preocupado. Será que agi certo?

Responder
Rogerio Marins

Oi Lucas,

Agir certo ou errado é muito particular sempre. Dá uma lida no artigo de novo. Há um item lá que traz informações pra tirar sua questão do circuito de preocupações. Vai curtir seu namorado. Aderir ao PreP é uma indicação para todos os sorodiscordantes, sempre que possível… http://prepbrasil.com.br/

Responder
Fabio Henrique

Olá, ti numa dúvida tremenda.
Fiz sexo com camisinha com um cara, mas na ejaculaçao cabou estourando. Fui rapidamente para o banheiro para defecar e lavar… Quais as chances de eu contrair HIV se ele for soropositivo?????

Responder
Marcio Caparica

São as mesmas de qualquer transa sem proteção… Eu recomendaria que você corresse a um centro público de saúde e pedisse pra tomar o coquetel de antirretrovirais para evitar uma possível infecção.

Responder
Rodrigo silva

Cara uma garota de programa fez oral em mim sem camisinha por alguns minutos e depois transamos com camisinha. Será que corro risco ?

Responder
Rogerio Marins

Rodrigo,

Muito provavelmente não. Você fez sexo oral receptivo (alguém te chupou). Bom, a chance de contaminação é de 0 a 0,04, se ela for soropositiva… Agora, se você é sorointerrogativo, busca logo saber sua soorologia… Faz bem pra você, para orientar suar práticas sexuais… Faz bem pra tudo… rsss…

Pode ter informações aqui tb: http://www.aids.gov.br/sites/default/files/anexos/publicacao/2007/40048/pep_folder_profissional_saude_pdf_72584.pdf)

Responder
José

Uma namorada foi fazer texte e o médico colocou questões q não iam ao encontro doq ela sentia, e lhe mandou q voltasse outro dia dpois de ter dito q era positiva
Stou preocupado.

Responder
rodrigo

me ajudem, tive uma situaçao de risco com alguem seroposetiva, no começo transei uns minutos sem camisinha depois usei, ja pasam 36 dias fiz teste rapido, resultado negativo, mas ando muito preocupado, me ajudem eu acho que vou enloquecer. Sera que da pra confiar nos resultados.

Responder
Rogerio Marins

Rodrigo,

Um amigo meu já tinha feito essa mesma pergunta pra mim e eu já tinha mandado pra ele uns trechos de texto. Aproveito e envio pra você agora.

“- O que é o Teste Rápido de HIV e como fazê-lo?
Os testes rápidos são realizados a partir da coleta de uma gota de sangue da ponta do dedo. O sangue é colocado em dois dispositivos de testagem e para chegar ao resultado, o profissional que realiza o teste segue um fluxo determinado cientificamente. Se os dois dispositivos tiverem os mesmos resultados, o diagnóstico já é fechado. Porém, se houver discordância entre os resultados, é feito outro teste com um terceiro para confirmação. Assim, o resultado tem a mesma confiabilidade dos exames convencionais e não há necessidade de repetição em laboratório.
Esse método permite que, em apenas meia hora, o paciente faça o teste, conheça o resultado e receba o serviço de aconselhamento necessário. Distribuído gratuitamente para serviços de saúde da rede pública, este teste rápido é utilizado na maior parte das ações do Fique Sabendo do Departameno de DS, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, principalmente devido a sua agilidade e praticidade”
http://www.pelavidda.org.br/site/index.php/teste-rapido-de-hiv/

“Os testes rápidos pra HIV têm uma sensibilidade um pouco menor do que os testes sorológicos tradicionais, porém, ainda assim, a sua taxa de falso negativo é baixíssima. Portanto, um resultado negativo no teste rápido tem o mesmo valor do resultado negativo na sorologia tradicional. Um resultado positivo deve ser confirmado pelo sorologia tradicional”
http://www.mdsaude.com/2009/01/exame-teste-sorologia-hiv-aids-sida.html

Responder
Marcio

A 2h atrás transei com uma garota de programas fizemos sexo Anal e a camisinha estourou. na hora q a camisinha estourou ela avisou, ” a camisinha estourou”.
Tirei imediatamente e ela estava estourada na lateral. Não tenho vírus HIV.
Estou nervoso, não sei o que fazer .
Por favor alguém pode me ajudar…
Preciso tomar algum medicamento???

Responder
Marcio Caparica

Sim. Procure um centro de saúde e peça para fazer a profilaxia pós-exposição (PEP), em que os profissionais vão lhe receitar um mês de coquetel antirretroviral. Assim, mesmo que você tenha sido exposto, o vírus não vai infectar seu organismo. Mas isso tem que ser feito em até 72 horas depois do comportamento de risco.

Responder
Rlsbrt

Alguém me ajuda, quero muito sair com uma mulher mas ela tem hiv o meu medo e na hora do sexo oral eu não tenho hiv e nunca tive nenhuma doença sexualmente transmissível mas quero fazer sexo oral com ela sem camisinha a algum risco dela me passar hiv por fazer sexo oral em mim? Dúvida cruel…

Responder
James Cimino

Tudo isso depende da situação clínica dela. Se ela faz tratamento com anti-retrovirais e tem a carga viral indetectável, a probabilidade é bem pequena. Mesmo assim, consultem um médico antes.

Responder
mauricio

verdade c ela estiver em tratamento o risco diminui,
veja meu drama fiquei casado quatro anos , minha ex esposa era soro positivo, nunca usamos camisinha , faziamos sexo anal e oral nunca contrai o virus. fazia exame regularmente nunca contrai o virus , faz 2 meses que me separei , e a ultima vez que fiz exame faz 6 meses , i agora josé

Responder
João

Márcio fiz sexo oral em um mulher, depois de dias descobri que ela era soropositiva, mais fazia tratamento e era indetectável. Será que corri muito risco, responde tô desesperado.

Responder
Rogerio Marins

Rapaz, faz uma coisa. Se ela sabe-se soropositiva, tem então acompanhamento. Vai com ela no(a) médico(a) que faz o tratamento dela. Pega todas as informações sobre PreP e PEP (prevenção pre e pós contaminação)…

De qualquer forma, dá uma lida no texto do link abaixo, pois tem uma linguagem bem direta e não deixará você com mais dúvidas ainda neste momento… Lê logo, conversa com ela, combina as coisas… E corre fazer sexo oral com ela e nela…

Responder
João

Eu e parceiro estamos juntos há um tempo e já fizemos exames juntos, não somos portadores de hiv.
Sexo sem camisinha pode trazer algum risco?

Responder
Marcio Caparica

Pode trazer o risco na medida em que, se um dos dois pular a cerca e não usar preservativo, pode contrair o HIV e daí acabar infectando o outro. Cabe a cada um dos dois escolher confiar no parceiro e aceitar os possíveis riscos que essa atitude pode trazer.

Responder
Jr

Estou em desespero me ajuda!!!! A 10 dias atrás fiz sexo oral em um homem hiv+ e eu tinha um corte do aparelho no lábio e não tive contato com o esperma nem o líquido pre ejaculatório e não foi nem 10 segundos e não passou disso, estou desesperado!!!! Isso tem me perturbado muito.

Responder
Celso

Bom dia,
tive uma relação homo, em que eu fui penetrado. Tudo com camisinha. Porém tenho uma feridinha próxima ao ânus e o parceiro ultilizou saliva como lubrificante.

Há chances de contaminação nesse caso?

Foi o único caso, não tive nenhum contato com líquidos ou esperma.

Responder
Celso

Boa tarde Marcio,
não, na verdade nem ocorreu penetração pois não gostei da situação, e também todo e qualquer contato com o órgão da pessoa foi com camisinha, em nenhum momento houve contato direto com o pênis.

Porém o que me preocupou é a questão de ter usado saliva e eu estar com uma feridinha próxima ao ânus.

Responder
Celso

Mesmo se entrou em contato com essa feridinha?

Muito obrigado pelas suas rápidas respostas

Celso

Fiz um teste bioeasy em um posto de saúde e o resultado foi não reagente.

Já se passaram 30 dias do ocorrido.

Posso me tranquilizar com esse resultado?

Celso

Boa tarde,
fiz o teste hiv bioeasy em um posto de saúde, 30 dias depois do ocorrido que relatei em minhas perguntas.

Esse teste é definitivo? Posso ficar tranquilo?

Celso

Boa tarde,
eu sinto sim, a dúvida é apenas quanto ao período de 30 dias do ocorrido.

Pelo que vi esse teste é bem atual, usado em postos de saúde no Brasil.

Porém com a minha história, onde a probalidade é nula e com esses 30 dias gostaria de saber se já posso desencanar 100%.

Celso

bom dia,
eu sinto confiança sim, não acredito que iriam fazer um teste que não fosse confiável na rede pública.

Minha dúvida porém é referente ao prazo de 30 dias após o acontecimento. Posso desencanar de vez?

Marcio Caparica

Ah, entendi. Eu suponho que dá pra confiar, mas acho que nunca é demais fazer outro teste 90 dias depois da exposição. E continuar usando preservativo sempre!

Celso

Muito obrigado por suas respostas.
Creio que não preciso mais me preocupar, por que como descrevi a situação foi apenas uma brincadeira, com camisinha, na qual foi usado saliva como lubrificante. Não houve contato do ânus com o pênis, muito menos contato com esperma pois não houve ejaculação, e se houvesse estava usando camisinha.

Apenas entrei em uma neura muito profunda, mas li muita coisa de que a saliva não transmite, fiz esse exame e agora estou tranquilo.

Vitor

Um amigo teve uma relação sexual ativo, comendo um ‘traveco’ eu falei que se o passivo que ele pegou tiver com o vírus ele pode contrair, já ele fala que não, por que ele fala que foi só uma vez e rápido, quem está certo eu ou ele ??

Responder
Lucas

Rapaz, esse post tem várias informações distorcidas. Como assim dizer não ter problema em cair de boca em um pau babão?
Vários estudos atestam que na pratica do sexo oral existe risco de contaminação.
Outra coisa, os testes de HIV, com exceção dos teste rápidos, podem ser feitos com uma janela de 30 dias e já serão conclusivos.

Responder
James Cimino

Quais estudos, porque nossas fontes médicas dizem que não há quaisquer registros de contaminação por sexo oral sem envolver ejaculação.

Responder
Carlos

Oi, então, queria muito saber uma duvida que está me matando, eu e meu namorado somos soropositivos, nao sei quem passou pra quem e nem nos preocupamos com essa informação, estamos fazendo tudo certo o tratamento vai começar! Quero muito saber se…quando eu e ele já estivermos no meio do processo e considerados quando chega ao ponto de estar – indetectavel – por estar com o virus muito baixo no corpo, podemos fazer as vezes sexo sem camisinha? Pois vimos que na suecia isso foi aceito pelo proprio governo e temos muito essa duvida, ou se transarmos o que significa! Não digo sempre mas sei lá, uma vez no mes sei lá….preciso muito que alguém me explique isso! Abraço e adorei o post.

Responder
Marcio Caparica

Oi Carlos. Se os dois já são soropositivos, não há mais risco de infecção – isso já aconteceu. E, de qualquer maneira, quando estiverem indetectáveis, a chance de transmitir o vírus é muito pequena. Então não há problema de vocês transarem sem preservativo UM COM O OUTRO. Se forem transar com outras pessoas, é bom que utilizem o preservativo! Boa sorte!

Responder
Junior leandro

Márcio posso ficar tranquilo mesmo? Eu e meu parçeiro somo indetectavel só que cutuquei ele sem intenção de transar sem preservativo mas logo o ocorrido peguei a camisinha.

Responder
Lucas

Se vc vai começar o tratamento deveria perguntar isso ao infectologista e ela será categórico em afirmar que NAO, de não pode. Pois, pode haver uma recontaminação e complicar ainda mais sua situação, já que vc terá um vírus com uma outra variação genética do seu o que complicará seu tratamento. Descartando várias possibilidades de combinações dos medicamentos.
Entenda uma coisa, o vírus é o mesmo HIV, porém existem diversos subtipos.
É como a espécie humana, a espécie é a mesma, porem existem diversas variações.

Responder
James Cimino

Você está mal informado sobre isso, como nós também estávamos. Ouça nossos programas sobre Truvada e PrEP e veja o que os médicos têm a dizer sobre recontaminação. Isso era verdade anos atrás. Não é mais.

Responder
Paulo

Olá estou com uma preocupação pois toquei nas partes íntima de uma mulher com suspeita de te HIV depois toquei no meu pênis eu posso te contraído o viria?

Responder
Marcio Caparica

Não, o vírus não sobrevive mais que poucos segundos quando exposto ao ar. A não ser que você estivesse com um corte gigante nas mãos, sangrando muito, quando tocou a vagina de sua parceira (mas daí suspeito que não estaria fazendo sexo), não há risco de transmissão.

Responder
Rodrigo

Márcio, seu divo, de onde essas informações foram tiradas ? Não é uma pergunta do tipo: não acredito no post, é só porque queria saber a fonte mesmo. Tipo, no sexo oral eu encontro diversas informações controvérsias: alguns dizem que é possível, mas não há relatos de contaminação, outros – como neste post – afirma que apesar de haver o vírus na baba do pau, é seguro fazer. Gente sério, essa dúvida é horrível, quero dormir um dia sem ela, é meu sonho. rs. Beijoca <3

Responder
Gabriel

Márcio, obrigado por me responder. Não achei que seria respondido pelo post ser muito antigo.

Agradeço mesmo cara!

Estou um pouco mais tranquilo mas, vez por outra começo a pensar em minha vida disfarçando dos meus pais tomando remédios enfim… PÃNICO TOTAL.

Mas pelo que descrevi do ato, por não ter ido até o final e cuspido, ter passado um bom tempo sem engolir, não ter escovado os dentes, diminui ainda mais as chances?

voltei a falar com ele. ele ficou chateado um pouco comigo mas, não disse sobre a condição dele, se ele se certifica que não é. Apenas fala que faz sexo com segurança.

Mas falei com ele só para ver se me tranquilizo. não estou jogando a responsabilidade sobre ele.

Responder
Gabriel

Cara, não sei se depoimento meu aqui será banido talvez pelo detalhamento do ato.

Mas estou ficando louco. EU sou gay e tenho problemas com sexualidade. Mas real problema não é esse. por achar q é errado ser gay, saio muito pouco com homens.

Então em bate-papos em marquei com um cara conversei durante meses e enfim decido sair.

Indo direto ao ponto, fiz sexo oral nele. Mas quando senti um gosto (que deva ser o liquido pré-seminal) corri para o banheiro e cuspi.

tentei voltar a praticar o sexo mas, com muita saliva em cima muita mesmo.

mas não continuei, voltei a cuspi na pia. Desisitimos de fazer sexo.

mas até o final de tudo fiquei cuspindo. Direto eu estava cuspindo. Juntava, juntava saliva e cuspia.

depois q algum tempo comecei a engulir normalmente.

Nesse dia não tinha escovado os dentes.

O problema que estou numa neura danada. não estudo nao converso, só choro escondido, achando que tenho Hiv.

Mas antes conversei com ele sobre isso, e ele não pratica anal sem camisinha (ele é só ativo) apenas com mulheres em um relacionamento sério ele faz sem camisinha o sexo vaginal.

Enfim… não sei se vou aguentar esperar os 3 meses para realizar o exame. Estou ficando louco,pensando em suicidio até…

às vezes paro e penso. Ele se cuida e eu não fui até o final, cuspi, lavei com água, não escovei o dentes o que evita fissuras…

mas às vezes já me considero um soropositivo.

Me ajudem, eu apenas choro o dia inteiro.

Responder
Marcio Caparica

Gabriel, pelo que você descreveu, não há indicação sequer de que seu parceiro seja soropositivo. Mesmo que ele seja, a chance dele transmitir o vírus via sexo oral é muito, muito pequena. Não há razão para esse pânico. Eu sugiro que no futuro você use preservativo quando for fazer sexo oral, para evitar ficar com essas neuras. E procure ajuda psicológica assim que possível, para que consiga um apoio de um profissional para lidar melhor com sua homossexualidade. Daqui a três meses, faça o exame de HIV, mesmo que por desencargo. boa sorte!

Responder
Marcos

É verdade sim. A lacração do caixão é uma recomendação do médico legista que nem sempre é seguida pela família.
Quando alguém morre, no ML, fica uns espertinhos que querem deixar o caixão aberto e decorá-lo com flores, maquiagem, etc. Esses serviços por fora são contratados a parte e não recomendado pela IML.
O erro está em achar que só quem falece de AIDS é que tem o caixão lacrado. Meu amigo morreu de infarto e a recomendação foi lacração do caixão, a contragosto da família!

Responder
Ricardo

Fiz sexo sem proteção com uma garota de programa. já pedi pra ela fazer 4 exames de HIV .o último exame que ela fez com uma janela de 5 meses e todos deram negativo . posso descansar só tive relação com ela e mais ninguém.

Responder
Marcio Caparica

O engraçado é que você fica no pé dela pra fazer exame mas não vai você mesmo fazer exame. Você só pode ficar tranquilo depois que fizer o SEU exame e vier negativo. Dá paz pra garota.