Pastor pergunta a político cristão por que ele apoia o casamento gay e toma coió

Kevin Rudd, primeiro ministro australiano que tenta a reeleição, mudou de ideia inspirado pela própria Bíblia: "amai-vos uns aos outros"

por James Cimino

Aconteceu na Austrália. O primeiro ministro Kevin Rudd, candidato à reeleição, cristão praticante, mudou de ideia quanto ao casamento igualitário. Agora ele é a favor. Durante uma sabatina em um canal de TV, um pastor local questionou por que ele mudou de opinião e por que ele (o pastor) deveria votar em Rudd.

O primeiro ministro então respondeu que depois de muito refletir, chegou à conclusão que a homossexualidade é natural e que nenhum indivíduo escolhe tal condição.

Novamente pressionado pelo pastor acerca da “naturalidade” da coisa, Rudd respondeu na lata que a Bíblia também considerava a escravidão natural e que sua mudança de opinião foi totalmente baseada na mensagem maior do novo testamento: “amai-vos uns aos outros”. Foi aplaudido, e o pastor ficou com a cara de tacho que você vê abaixo.

O vídeo agora legendado em português.

Apoie o Lado Bi!

Este é um site independente, e contribuições como a sua tornam nossa existência possível!

Doação única

Doação mensal:

Participe da discussão! Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 comentários

Alex

Como pode ele falar que a Bíblia aprova o homossexualismo se vários outros textos condenam? Ele na verdade não entendeu o texto citado por ele. Esse pastor não sabe o que é amor, definido na Bíblia. Amor não é atração física ou sentimento. Deus nunca aprovou e jamais aprovará união entre pessoas do mesmo sexo. Está escrito. Caso o pastor aceite isso, é por conta e risco dele. Não coloque palavras e opiniões suas na boca de Deus…

Responder
olisio

A interpretação de q o casamento gay se baseia só na atração física é uma interpretação do leitor. Quem disse q não tem amor?

Responder
Marcelo

Ah sim, com toda certeza! devemos voltar ao tempo da escravidão, mulheres adulteras devem ser apedrejadas, as pessoas devem continuar vivendo infelizes em seu casamento, mulheres apanhando diariamente tudo porque o divórcio também é pecado, o sexo deve ser feito apenas para a reprodução e tantas outras coisas que a sociedade e a justiça devem rever porque são pecados e estão descritos na biblia! O fato meu querido é que parte dos cristãos analisam a palavra de Deus apenas nas partes que os convém! Isso sim deve ser repensado! Não esqueça que na biblia também está escrito que o amor e respeito ao próximo é o principal caminho para se chegar à vida eterna. Não seja hipócrita! Ignorância, no sentido etimológico da palavra, ou seja, falta de conhecimento tem limites!

Responder
nara

gostei muito, não tenho religião. Mas uma pessoa bem informada dizendo isso vale muito. concordo plenamente com ele.

Responder