Elton John faz questão de se apresentar na Rússia

Nas entrevistas para promover seu novo álbum, o compositor também aconselha Lady Gaga e Miley Cyrus

por Marcio Caparica

Elton John está lançando um novo álbum,  The Diving Board. E nos esforços de promoção que sempre precedem o lançamento de um novo álbum, o ícone de 66 anos nos presenteia com declarações que apenas quem faz sucesso há mais de quatro décadas pode fazer.

Em entrevista ao jornal britânico The GuardianElton contou que já tem show marcado em Moscou para dezembro. “Eu tenho que ir lá. E eu vou ter que pesar tudo o que disser com muito cuidado. Há quem ache que todos os artistas deviam boicotar a Rússia. Mas daí o que acontece é que na verdade você vai deixar todos os homens e mulheres que estão sofrendo com as leis antigay ainda mais isolados. Como gay, eu não posso largar essas pessoas por conta própria e não ir para lá apoiá-los. Eu não sei o que vai acontecer, mas tenho que ir.” E se lembra que não é a primeira vez que teve que lidar com o governo russo: “Eu fui para a Rússia em 1979 e tinha certeza que nós estávamos sendo vigiados o tempo todo: estava na cara que o intérprete que eles tinham arranjado para mim trabalhava para o governo. No fim das contas, eu acabei transando com ele no topo do hotel.”

Para um jornal australiano, Sir Elton John deu a seguinte declaração: “Eu vejo a Miley Cyrus e o que eu vejo é alguém prestes a entrar em colapso. E ela é tão jovem! Mas ela já tem dois álbuns no top 20, então quem vai impedi-la? Já Gaga – que eu adoro, ela é a madrinha dos meus filhos – eu gostaria de conseguir conversar com ela agora, mas não tem sido possível. Tem horas que você tem que escutar. Quando a personagem começa a tomar conta da música e se torna mais importante, você cai numa situação perigosa. A partir do momento em que você se cerca de pessoas que não te questionam, você está em risco.”

Nesse último ano Elton John e seu marido, o produtor de filmes David Furnish, entraram para a lista de 10 casais mais influentes de Londres pelo jornal London Evening Standard. O casal acabou de ter o segundo filho, por inseminação artificial.

Apoie o Lado Bi!

Este é um site independente, e contribuições como a sua tornam nossa existência possível!

Doação única

Doação mensal:

Participe da discussão! Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um comentário